Cavaleiro


CAVALEIRO ( por Cristiane Queiroz, SRC) Som do cavalo, Chuva em minhas botas, o frio entre minhas vestes de tecido e ferro Cansaço, fome, frio Tenho que chegar Chove na escura noite. Não interrompo minha viagem, Em meu cavalo continuo, Sem paradas. A pressa me faz veloz A água cai em meu manto Escorre entre as peças de minha veste de metal, Metal frio, água … Continuar lendo Cavaleiro

Saber Virar A Página (Adaptação de Paulo Coelho, Texto de Sonia Hurtado)


Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos, não importa o nome que damos. O que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram. Foi despedido do trabalho? Terminou … Continuar lendo Saber Virar A Página (Adaptação de Paulo Coelho, Texto de Sonia Hurtado)

Palhoça, SC: Minha Terra


A princípio, criei esse blog para postar minhas memórias, que estavam sendo comidas pelo tempo e pelas traças entre pilhas de cadernos. Mas, pelo entusiasmo, acabei diversificando demais os temas das postagens, fugindo assim do objetivo principal. A partir de agora será diferente… Eu nasci a 25 de Outubro de 1980, às 23h15min, na Maternidade Carmela Dutra, em Florianópolis, SC. Meus pais moravam, naquela época, … Continuar lendo Palhoça, SC: Minha Terra

Meu Sonho / Traze-me (Cecília Meireles)


Meu Sonho Parei as águas do meu sonhopara teu rosto se mirar.Mas só a sombra dos meus olhosficou por cima, a procurar…Os pássaros da madrugadanão têm coragem de cantar,vendo o meu sonho interminávele a esperança do meu olhar.Procurei-te em vão pela terra,perto do céu, por sobre o mar.Se não chegas nem pelo sonho,por que insisto em te imaginar?Quando vierem fechar meus olhos,talvez não se deixem … Continuar lendo Meu Sonho / Traze-me (Cecília Meireles)

Risíveis Amores (Milan Kundéra)


Risíveis amores, ou O Livro dos Amores Risíveis — título escolhido para a edição em Portugal –, (Smêŝné Lásky no original), escrito entre 1960 e 1968, é considerado por muitos leitores e críticos literários de todo o mundo uma das melhores obras de Milan Kundera. O livro é composto por sete contos, sete histórias de amor: A maçã de ouro do eterno desejo Ninguém vai … Continuar lendo Risíveis Amores (Milan Kundéra)

Meu Tempo Não-Linear (Meu Rio)


I – Fervente Meu tempo, fervendo, Um rio nascendo Imerso n’água, Nada vendo, me aquecendo. Meu tempo, fervendo, Um rio nascendo, Subindo e virando, …E a vida crescendo. Meu tempo, fervendo, Um rio nascendo, Dormindo, rolando… O que está acontecendo? II – Corrente Meu tempo, correndo, Um rio descendo, E as pedras clamando… De limo se enchendo. Meu tempo, correndo, Um rio, tudo vencendo. Corredeira … Continuar lendo Meu Tempo Não-Linear (Meu Rio)

O Mistério do Alef: a Matemática, a Cabala e a Procura Pelo Infinito


O Mistério do Alef é a história de Georg Cantor, um dos mais brilhantes matemáticos da história. Seu maior feito, o resultado de uma série de extraordinários saltos intuitivos, foi seu entendimento pioneiro da natureza do infinito. O trabalho desconcertante e profundamente filosófico de Cantor tem suas raízes nos matemáticos da Grécia antiga e na numerologia judaica, conforme a obra mística conhecida como Cabala. Cantor … Continuar lendo O Mistério do Alef: a Matemática, a Cabala e a Procura Pelo Infinito