Têm causado uma imensa polêmica a criação do blog da Petrobrás, um estouro de acessos, que está fazendo muito sucesso. Ele traz atualizações de fatos, em geral, ligados à empresa, assim como veiculação oficial para a imprensa.

Esse é o principal foco de polêmica. Vou explicar. A Petrobrás, através desse blog, que visava inicialmente popularizar a empresa entre os internautas mais informais, começou a responder as perguntas de jornalistas, enviadas por e-mail, antes que essas respostas fossem publicadas nos jornais. Daí a ANJ (Associação Nacional dos Jornais) berrou, porque por meio do blog, estavam sendo veiculadas matérias sem a autorização dos jornais, tirando a tal exclusividade das mãos dos mesmos.

Achei isso sensacional, apesar de achar isso, no fundo, uma jogada política e de marketing. Acho sensacional pelo seguinte: tirou dos jornais a faculdade de manipular as informações quando e como queriam. Dizem os representantes desses veículos que o blog fere o direito legal dos jornais de oficiar formalmente a notícia, por serem eles entidades de classe, assim como só os médicos podem clinicar e os dentistas arrancarem dentes. Mas eles esquecem que a internet é um meio livre de circulação de informações. Nós temos o direito de escolher as nossas fontes de informação. O povo tem o direito de se informar da maneira que quiser. A internet, principalmente os blogs, é um meio totalmente democrático e livre de sanções de entidades de classe, desde que se respeite o direito de resposta, a dignidade humana (não exposição de menores, de imagens pessoais sem autorização, etc.), os direitos intelectuais de produção artística. A ANJ berra porque sabe que não há regulamentação que proíba a livre circulação de opiniões e informações. E mais: o que dá mais credibilidade ao blog é que ele cita todas as fontes das perguntas (e-mail, nome do jornalista e veículo para o qual trabalha).

O tom político é evidente na iniciativa: os jornais se sentiriam inibidos e intimidados, não tendo como manipular ao seu bel-prazer as declarações oficiais da empresa com fins políticos, enfraquecendo essa poderosa arma de domínio público das massas, nas mãos dos donos do poder. Ferramenta simples esse blog. Não custa quase nada, e consegue neutralizar os tubarões da manipulação informativa.

Já antevendo esse revés, os calhordas do Congresso já estão apressando a votação da Lei de Imprensa e regulamentação da Internet, que prevê um cerceamento na liberdade de informação no meio digital, principalmente no que diz respeito aos blogs. Já havia discutido esse assunto em outro post anterior, sobre essa lei estúpida, e pedi para que todos que lessem o post assinassem a petição constante para evitar aquele atentado à democracia e liberdade de expressão. –>>

http://memoriasdeebrael.blogspot.com/2009/05/projeto-de-lei-preve-cerceamento-da.html

Anúncios

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s