Quem nunca ouviu falar dele, ou de sua obra mais conhecida e de fama, O Pequeno Príncipe, ou pelo menos não viu o desenho que passava com esse nome no SBT?? Foi escrito durante o exílio nos Estados Unidos, quando fez visitas ao Recife. E para muitos era difícil imaginar que um livro assim pudesse ter sido escrito por um homem como ele. Apresenta personagens plenos de simbolismos: o rei, o contador, o geômetra, a raposa, a rosa, o adulto solitário e a serpente, entre outros. O pequeno príncipe vivia sozinho num planeta do tamanho de uma casa que tinha três vulcões, dois ativos e um extinto. Tinha também uma flor, uma formosa flor de grande beleza e igual orgulho. Foi o orgulho da rosa que arruinou a tranqüilidade do mundo do pequeno príncipe e o levou a começar uma viagem que o trouxe finalmente à Terra, onde encontrou diversos personagens a partir dos quais conseguiu descobrir o segredo do que é realmente importante na vida.

 

Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry filho do conde e condessa de Foscolombe (29 de junho de 1900, Lyon – 31 de julho de 1944, Mar Mediterrâneo) foi um escritor, ilustrador e piloto da Segunda Guerra Mundial.

Faleceu durante uma missão de reconhecimento sobre Grenoble e Annecy. Em 3 de novembro, em homenagem póstuma, recebeu as maiores honras do exército. Em 2004, os destroços do avião que pilotava foram achados a poucos quilômetros da costa de Marselha. Seu corpo jamais foi encontrado.

O que pouca gente sabe, e incluo aí ilhéus de Floripa, é que tivemos a honra de termos recebido inúmeras vezes a presença desse grande homem de letras, aqui mesmo em Floripa.

Temos uma Lagoa aqui em Floripa, a Lagoa do Peri, que há pouco tempo tornou-se Parque Ecológico e Área de Presevação Permanente, localizada a caminho do sul da Ilha de Santa Catarina. Muitas pessoas pensam que o nome Peri tem origem tupi-guarani. Ledo engano!! A lagoa fica numa área que era usada por Exupery para pousar seu avião, normalmente na praia do Campeche, vizinha da tal Lagoa. Isso lá pela década de 1930. Cada vez que o avião de Exupery surgia nos céus da Ilha, os manés nativos diziam: “Lá vem o Zé-Peri” . Em homenagem a ele, foi batizada a dita lagoa como do Peri.

*******

Leia mais: http://www.oeco.com.br/reportagens/37-reportagens/1423-oeco_14961?tmpl=component&print=1&page=

Anúncios

4 comentários em “Saint-Exupéry e a Lagoa do Peri

  1. Pura fantasia! Sainte Exupery nunca esteve em Florianópolis e muito menos batizou a Lagoa do Peri. O assunto vem sendo discutido por pessoas sérias e nenhuma comprovação de sua presença foi encontrada até hoje, apesar da ampla pesquisa sobre o assunto, mesmo por parentes do piloto.

    Curtir

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s