Agostinho: de bebum e vândalo aos altares das igrejas!!


A medida do Amor é o Amor sem medida. (Santo Agostinho)
Por Joici Cruz
Olá a todos, é um prazer enorme poder contribuir no Blog do meu amigo Ebrael.
Ontem à noite, fiquei pensando qual seria meu assunto de estréia? Vários assuntos vieram à minha mente, mas teria que decidir qual iria desenvolver. Logo pensei como será a receptividade das pessoas que vão ler o que estou escrevendo? Humm… Uma sensação de medo instalou-se no meu ser, devido à responsabilidade de expor alguns conhecimentos adquiridos. Mas respirei fundo e resolvi encarar. Falarei um pouco da vida de Santo Agostinho… Quem foi ele? O que nos trouxe de ensinamento? E tentar a partir desse resumo sobre sua vida, um paralelo com os dias atuais.
Bom…
Agostinho foi uma pessoa muito importante para o desenvolvimento do Cristianismo no Ocidente. Através de estudos desenvolveu o conceito de igreja como a cidade espiritual de Deus. Sua maneira de pensar influenciou profundamente a visão do homem medieval.
Nascido na cidade de Tagaste foi educado na África, onde viveu por um bom tempo como pagão. Desenvolveu bem sua parte intelectual, mas decepcionou-se com a Teologia maniqueísta, e decidiu seguir o movimento cético da academia platônica. Em 386 sofre por uma crise existencial e decide depois de várias andanças converte-se ao cristianismo católico abandonando sua carreira como professor, servindo a Deus e as práticas do sacerdócio.
A grande transformação acontece quando Agostinho escuta a voz de uma criança invisível (espírito), quando estava em seu jardim , pronunciando algumas palavras de forma cantada e repetidamente “ Tolle et lege!! Tolle et lege!!”(toma e lê , toma e lê). Ele então pensou por alguns instantes e pegou a espitola de Paulo aos Romanos e abriu ao acaso (será?) em 13:13-14:
-“Não caminheis em glutonerias e embriaguez, nem em desonestidade e dissoluções nem em contendas e rixas, mas revesti-vos do senhor Jesus Cristo e não procureis a satisfação da carne com seus apetites”.
Depois dessa revelação, agostinho resolve escrever contando detalhes de sua vida espiritual, que se tornou um clássico na literatura mundial. Em um dos seus livros de nome “Livre-arbítrio”, Agostinho descreve que Deus nunca foi criador do mal. Compreendendo que o mal não é um ser, mas sim a ausência do outro ser. Entendemos que o mal é aquilo que “sobraria” quando não constatamos a presença do bem. Deixando bem claro que a origem do “mal” está no nosso livre-arbítrio.
Deus, em sua perfeição, deu a oportunidade de escolhermos o bem da melhor forma, que é usando a nossa consciência. Com isso entendemos que o ser humano é tolamente responsável pela liberdade do conhecimento.
Embora tenha contado a história de Santo Agostinho por curiosidade histórica, nos dias atuais o livre-arbítrio das pessoas anda sendo muito mal empregado. Percebemos pela situação do nosso planeta, guerras, desmatamentos, políticas e aquecimento global.
Estamos vivendo em mundo de transformações, o desenvolvimento humano na área do conhecimento cresce minuto a minuto, as tarefas, compromissos e desafios cada dia tomando o nosso tempo. Mudanças atrás de mudanças. E como gerenciar tudo isso?
Se não observarmos o que realmente é importante em nossas vidas, outros talvez vão opinar de uma forma que não nos agrade.
A história de Santo Agostinho nos mostra que o “autoconhecimento” é a soma física, mental e espiritual, para um bom desenvolvimento humano.
Anúncios

One Reply to “Agostinho: de bebum e vândalo aos altares das igrejas!!”

  1. Sobre a dúvida de que Santo Agostinho abriu a biblia aleatoriamente e se deparou com os versículos que o levou a conversão ao Cristianismo, não tenho dúvida que isso tenha acontecido, pois já aconteceu comigo duas vêzes, se você tiver um desejo sin cero em seu coração e pedir ajuda para Deus, Ele o orientará.Portanto não duvide.

    Curtir

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s