O Sentido da Vida


Costumo dizer que as necessidades básicas da vida de qualquer um são comer, beber, fazer sexo, vestir e morar. A maioria das pessoas concordaria com esses itens da lista, não obstante não necessariamente nessa ordem. Essa lista seria  o estrato primário e essencial das necessidades humanas. Há até uma tal Pirâmide de Maslow que tenta explicar isso, mas o máximo que faz é apenas evidenciar o óbvio! Na Pirâmide de Maslow, os itens que citei se encontrariam no primeiro e segundo degraus.

Hierarquia das Necessidades de Maslow
Pirâmide de Maslow: as necessidades humanas.

Mas, como tudo deve ser cíclico na Vida, os outros degraus contém necessidades e anseios que apenas reproduzem em grau diferente as necessidades básicas: alimentação e segurança. Pela realização profissional, uma das necessidades seguintes dos comuns mortais, deve decorrer uma alimentação mais sofisticada. Da aquisição de cultura e extinção de preconceitos, deve advir uma melhor convivência doméstica em uma prole em crescimento. E tudo é um ciclo, que re-começa lá, onde um homem e uma mulher sonharam em realizarem-se como pessoas individuais e sociais.

Depois que esse ciclo, o primeiro, se fecha, o que deve querer o homem? Será que ele deseja, invariavelmente, a realização automática dessas metas? Será que a felicidade depende exclusivamente disso? Onde reside o mapa da mina, a placa com a seta, indicando o Destino de cada um??

Sim, essa é uma crise existencial, que já dura há muito tempo, de quem tem quase tudo e ainda sente lá fora um cheiro de estrada, de algo a perseguir longe de onde se encontra atualmente. Certa vez, meu Condutor me deixara aguardando uma certa resposta, um certo sinal, um Caminho que nunca foi anunciado. De vez por outra, confundo alguns sinais da Vida com essa esperança que nunca se confirma. Esperança essa de aventura, de descoberta da fonte da juventude, da glória de um destino realizado, de uma montaria suportada nas unhas, mas vencida.

Anúncios

7 comentários

  1. A busca de coisas novas sempre dão sentido a vida..
    muitas vezes pensamos..”agora já estou realizado é aqui meu lugar”..passado algum tempo nossa inquietação interna recomeça e dai o sentido da vida..
    a vida só tem sentido quando nos sentimos vivos dentro da vida..
    mesmo com as necessidades básicas satisfeitas acho que isso não é suficiente para ser duradouro…
    bjo carol

    Curtir

    1. Sim, você algo determinante para mim: a vida só tem sentido quando nos sentimos vivos dentro dela. Nos sentimos vivos quando conseguimos nos mover de cá até lá, fazer e caminhar naquilo que desejamos internamente. Aí sentimos que interagimos livremente com o Mundo. E é justamente o que não consigo ainda…
      Bjão!

      Curtir

  2. O sentido da vida, é não haver sentido algum, Ebrael…

    Não me preocupo muito com a coisa chamada ‘Sentido da vida’, aspecto geral e objetivo.
    Opto pelo subjetivo ‘Sentido da minha vida’, que já senti ter a ver com ‘servir’, embora sem subserviência.
    Não vejo lógica na minha vida sem visão coletiva, pensar nas pessoas que posso ajudar, nas boas falas que possivelmente proporcionem conforto.
    Detesto a benevolência fatalista, aquela com vertente missionária, ‘missão’ de cumprir, porque não me acho evoluída para tal, mas ajudar -percebi!-, me envolve numa paz inebriante…

    Grande post!

    Um forte abraço,
    Mary:)

    Curtir

    1. Mary, sem querer, você acabou de delinear o caminho que quer percorrer, ou seja, ‘cumprir’. Passa a ser missão quando você se compromete com esse Caminho. E como será maravilhoso para todos se você tiver Paixão pelas pedras e flores desse Caminho…
      Bjs!

      Curtir

  3. Ebrael,

    Me encantei com o vídeo. A história que ele traz, associado ao seu texto, revela que o sentido da vida está, de fato, dentro de nós.

    Creio que as pessoas ficam a vida inteiro tentando encontrar o sentido da vida, mas baseado nas hipóteses que outros lhes apresentam, como consumo, por exemplo.

    O sentido da vida está baseado naquilo que realmente somos.

    Abraços, Ebrael

    Curtir

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s