Cúmulo de Insensatez


Um causo pitoresco me chegou ao conhecimento, através de uma amiga, por email. Contava ela  que, certa vez, um de seus vizinhos, que é Testemunha de Jeová, lhe chegara à casa para pregar sua doutrina. Curiosa e pesquisadora de credos religiosos, resolveu escutar a “palestra” do dito religioso. Das principais coisas, e das que mais lhe chamara a atenção, escutou que transfusão de sangue, para salvar vidas, é pecado mortal, bem como o segundo casamento é absolutamente proibido.

Bem, na continuação desse relato por email, ela me narrara justamente o momento em que não se contivera e começou a discutir com o homem. Acerca das segundas núpcias, ele dizia que a mulher, para separar-se do marido, teria de ter provas definitivas de sua infidelidade ou de sua incapacidade de gerar filhos. Ela perguntou a ele, então, se a mulher poderia separar-se do homem no caso de esse lhe espancar, mesmo sistematicamente. Claro, baseado no fundamentalismo que lhe era peculiar, ele respondera que não. O casamento era pra vida inteira, e mesmo que a separação fosse APROVADA pela igreja, ela não poderia casar-se novamente, ao contrário do marido, obviamente.

Numa sociedade em que o fundamentalismo e o radicalismo se antepõem como ferozes inimigos, ficam as mentes reféns e à mercê de absurdos como esse. Acreditem: isso é mais comum do que se pensa, e a insensatez grassa em nossa “civilização”. Ora é o fundamentalismo religioso que nos amedronta, com todas as penas de um inferno folclórico, com regras que, senão medievais, remontam à época em que só a Lei do Talião poderia conter a barbárie de povos guerreiros, onde o suicídio bombástico nos premia com 70 virgens num Paraíso esdrúxulo; ora é o radicalismo relativista, que diz que o Tudo nasceu ao acaso, de um acidente cósmico, de arranjos de proteínas ao léu, numa bela e escura noite de verão. Será que precisamos de todos esses flagelos mentais?

Eu aconselhei para que não se “aprofundasse” demais nos estudos deles, pois, sem que ela soubesse, em um ou dois sábados, ela já seria uma Testemunha de Jeová, com casamento marcado e tudo, ou então já se veria batizada numa piscina batismal. Disse que, numa hora qualquer dessas, a cachorra da casa poderia se manifestar como estivesse falando em línguas, convocando todos à conversão. Nesse caso, o Espírito Santo ainda seria uma criança, já que saberia falar apenas au-au!

Se Deus deve ser levado ao pé da letra, então Deus é um aliciador de menores, já que permitia que adolescentes servissem como esposas (escravas sexuais e parideiras). Deus infringe as Leis trabalhistas e a Declaração dos Direitos do Homem, já que tolerava a manutenção de trabalho escravo. Deus é conivente com assassinos, já que estabelecia cidades onde, os que matavam, poderiam se refugiar para escapar de linchamentos. Deus é um gângster, pois legitimava o poder dos reis, ainda que fossem tiranos. Deus era um sádico com animais, pois se refestelava com sacrifícios de animais para aplacar os pecados de seus protegidos. Enfim, Deus era uma genocida, pois várias vezes ordenara a seu povo que, invadindo a terra dos inimigos, passassem todos a fio de espada (matassem todos), sem distinguir mulheres, crianças nem idosos. Deus era um ladrão, pois justificava, com seu nome divino, a usurpação de terras de outros povos, tal como Israel faz com os palestinos até hoje. E tudo isso, em nome de um Deus que escreveu muitos livros, um Deus que tinha nomes humanos, um Deus muito cara-de-pau!

Anúncios

17 comentários em “Cúmulo de Insensatez

  1. Caro, amigo,Ebrael Shaddai,

    este tema é um pouco complexo para eu tecer um comentário. Só digo uma coisa, o culto é livre. Cada um acredita naquilo que quiser, na quilo que melhor lhe convier. E damos graças por não estarmos vivendo os tempos bíblicos, pelo menos em grande parte do mundo.

    Abraços…

    Curtir

    1. Cada um é livre para cultuar quem queira, mas a liberdade religiosa de um termina onde começa a do outro, e essa ainda não pode sobrepujar a liberdade de Consciência alheia, nem de uma coletividade, justamente pela diversidade inerente a seus membros.
      Obrigado pela nobre visita! Abçs!

      Curtir

  2. Olá amigo Ebrael, cada um segue e acredita na religião que quiser.
    Tens razão ao dizer: a liberdade religiosa de um termina onde começa a do outro. Tem que haver respeito entre todas as religiões. Não uns quererem impor sua religião a outros.
    Se membros dessa religião aceitão sua doutrina, a meu ver, eles vivem em
    um mundo a parte, só deles, não no atual.
    Bela postagem.
    Bjs.

    Curtir

    1. Bem, Claudine, acho que tudo que é considerado sob um único aspecto, quando radicalizado, leva a um estado de loucura e neurose mesmo, quase uma histeria coletiva, contagiosa e perigosa!

      Uma coisa é você conversar e DEBATER suas ideias, outra bem diferente é você tentar converter à força todas as pessoas, não obstante suas diferenças, às suas ideias.

      Uma vez li que “aqueles que dizem querer compartilhar as ideias deles com você geralmente não querem que você compartilhe as suas ideias com eles”.

      Bjs!

      Curtir

  3. A amizade, nasce e cresce como flor,
    mas para ela viver,devemos cultivar com amor.
    Rega-la a cada amanhecer.
    Manter a sinceridade sempre
    Não quero sua amizade por um
    unico Dia.
    E sim para toda vida.
    Depois da flor vem a semente.
    Vamos planta-la.
    Nossa amizade enraizada.
    Até o fim da nossa jornada.
    beijos meus,Evanir.

    Curtir

  4. Oi, Ebrael, concordo com o que escreveu o nosso amigo, Gerci, pois cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.. e apesar de crer em determinadas coisas, o ser humano, digamos, é “julgado” diante de Deus de uma mesma forma, uma vez que Ele é o nosso criador, mas também há quem conteste isto. Ele nos ama, assim como ama os ateus, assassinos, e etc. Um abraço. Belo blog!!

    Curtir

    1. Daniela, eu sei que fui muito mordaz no enredo do que falei, mas é justamente contra o unilateralismo fanático que vocifero! Não ligo que pessoas se matem por causa de religião ou o que quer que seja. Elas são donas de suas vontades e todos receberão pelo que fazem. O que não podem fazer, e isso não devemos permitir, é que imponham sua visão sobre as nossas enquanto não concordarmos com ela.

      Obrigado pela visita, o seu blog também é muito bom!

      Beijos!

      Curtir

    2. Já entendi Sr. Ebrael, você é o dono da verdade. O conhecimento alicia, e o conhecimento das Testemunhas de Jeová é perigoso, mas os seus são bons e fidedignos. Entendi. Uma coisa é certa Sr. Ebrael, eu não caio na sua. O conhecimento alicia quem tem mente fraca e não vai a fundo para analisar as questões. Tem medo de ir a fundo? Então sua mente é fraca. Tem medo de mergulhar fundo e depois não encontrar o caminho para voltar à superfície? Ora, quem volta fácil à superfície é merda. MERDA BÓIA.

      Curtido por 1 pessoa

  5. Ler uma coisa dessa dá uma raiva… eu sou contra qualquer fanatismo! Eu queria saber onde Deus escreveu que os seres humanos tem que ser imbecis a vida inteira!!!!

    Adorei seu texto, perfeita a critica.

    Curtir

    1. Tentarei, sim! Obrigado pela dica!
      Mas, peço para que se lembre de que esse é um BLOG INFORMAL. Se um dia ele virar LIVRO OFICIAL, declararei publicamente, e primarei por mais CUIDADO com a Gramática. Mas, por enquanto, ele é um divertimento não comprometido ESTRITAMENTE com a estilística perfeita, mas com a LIBERDADE DE PENSAMENTO, do qual a regularidade não é lá o maior dos atributos, não maior que o da fertilidade criativa.
      Abraço e volte sempre!

      Curtir

      1. Li um pouco das suas manifestações, e das pessoas com as quais concorda ou discorda. Então resolvi nunca mais ler nada que seja escrito por você, não tem sentido. Fique com esses que tem a mente atrelada ao que carrega entre as pernas ! Você está mais para o ridículo do que para a busca do conhecimento. Nasceu ontem e já domina todo o conhecimento. Barbaridade, tú és o maior gênio que passou pela humanidade.

        Curtido por 1 pessoa

  6. A insensatez, como vemos neste exemplo, é o prato principal onde, infelizmente, a maioria se serve.
    Tudo isso por falta absoluta de consciência da vida. A consciência que dizem ter são apenas fragmentos de um venenoso sistema SENHOR X ESCRAVOS para regalo de uns poucos que vivem da miséria humana.
    Não existe educação. O que existe no mundo é a gestão criminosa da mentira, em todos os pontos de vista, formando ferramentas primárias, sem qualquer função própria, para destruição das próprias ferramentas.
    Este é o mundo do pensamento e da imaginação, que se rendeu à corrupção e à promiscuidade, encobertas pelas fantasias, sonhos e ilusões, por quererem ser mais que a Mãe Natureza.
    Excelente postagem! Meu abraço Amigo!

    Curtir

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s