Todo o que tiver falado contra o Filho do Homem será perdoado. Se, porém, falar contra o Espírito Santo, não alcançará perdão nem neste século nem no século vindouro. (Mt. 12,32)

***

Jesus foi, por muitas vezes, enfático nas advertências morais aos seres humanos em sua Boa Notícia de Salvação. Mas, a nós que vivemos mergulhados no orgulho e vaidade (raízes do pecado original do qual somos herdeiros neste mundo), assusta saber que há pecados imperdoáveis. Apesar de Jesus, no trecho acima, ser específico na primeira frase, é um pouco genérico na segunda. Aí surge, naturalmente, o questionamento: se Deus é todo Misericordioso e Fonte de Perdão, como pode haver uma categoria de pecados imperdoáveis? Não é Deus que deixa de nos perdoar, somos nós que nos fechamos à Misericórdia, em nosso orgulho autólatra!  

Tendo em vista que o Espírito Santo é a voz de Deus e de seu Santo Filho no seio da humanidade (como prometera Jesus, referindo-se ao Paráclito ou Consolador), falar contra o Espírito Santo implica em obstar-lhe a ação, renegar sua intervenção e rejeitar suas advertências contra nossos pecados, além de, principalmente, fechar nossas portas à Salvação.

Se, porventura, pecamos por alienar nosso livre-arbítrio ao mandato do Inimigo ou nos regozijamos conscientemente na iniquidade, seremos  perdoados por Deus e por nosso próximo se nos arrependermos e nos emendarmos. Nesse caso, depreende-se que houve a iluminação pelo Espírito Santo, através de nossa aceitação dos erros e do reconhecimento da estrita necessidade de ajuda divina para suportarmos as investidas das Trevas. Agindo de forma contrária aos nossos desejos egoístas, enfrentamos aquele que mente desde o princípio, que nos odeia e deseja descarregar sobre nós os Juízos que acarretou sobre si para sempre.

Diversamente, se ao invés de abandonarmos nosso orgulho, persistirmos no erro, desprezando os conselhos da Razão (que sempre nos diz o que é certo e errado) e prescindindo da salvação propiciada, por vários meios, pela Providência Divina, acontece a nós o mesmo que a Satanás: endurecimento progressivo de nosso Coração frente ao Amor de Deus e à necessidade de correção.

O endurecimento do Coração leva ao pecado contra o Espírito Santo.

É esse o objetivo de Satanás quando nos tenta: nos endurecer o Coração a ponto de obedecermos somente à nossa escolha, seja ela criminosa ou apenas permissiva. Ele não brinca em “serviço”! A condenação eterna existe e não é fruto de um veredito de Deus, mas de nós mesmos ao tomarmos o caminho solitário da rejeição a Deus e à Verdade. É eterna para Satanás porque seu Coração se endureceu de tal forma que já não havia retorno. Quanto mais Deus, como Pai, o chamasse à conversão de sua vontade pervertida, mais endurecido, em sua orgulhosa e ígnea escolha, ele se tornaria. Deus virou as costas a Satanás não por condená-lo, mas por Misericórdia, já que sabia que cada novo apelo a ele, da parte do Amor (de Deus), mais o torturaria, mais incendiaria seu ódio.

Eu estive nesse estado de espírito, eu vivi efetivamente esse endurecimento de mim mesmo. Em meus erros recentes, pequei contra Deus e contra pessoas as quais aprisionei em minha sanha de viver o impossível (que me foi possível, ao pecar). Eu sempre soube o que era certo,  e que aquilo que eu fazia era errado, perverso e pecaminoso. Errado por estar distante da Justiça e usar da Mentira; perverso porque usava do magnetismo que o Demônio me emprestava para enredar as pessoas em minhas paixões; e pecaminoso porque, orgulhosamente, rejeitei, sempre e mais, os apelos do Espírito Santo.

Meu Santo Anjo de Guarda me alertava o tempo todo do perigo que minha alma corria, procurava me atrapalhar em meus costumes insanos para evitar que eu continuasse a perverter as pessoas. E como eu respondia a ele? Blasfemava, acusando obsessores e o Diabo de sabotarem meu “destino”. Ficava enfurecido, mandando, por vezes, meu Anjo à merda e daí para pior, achando que ele pretendia me prender à “velha” Vida! Eu pretendia ser livre, declarando que eu era capaz, sem necessidade de “sabotagens”, de decidir o que era melhor para mim. Vã ilusão! Como eu chegaria à clareza de uma decisão consciente se eu me atolava ainda mais em mentiras com as quais enganava as pessoas mais queridas??

 – Me deixe em Paz! – eu dizia a cada vez que o Espírito Santo me mostrava o caminho de volta, o que era certo e o que era errado. E chegaria o momento (Deus me guarde) em que ele realmente me deixaria em Paz para viver meu caminho de perdição, de orgulho demoníaco. Demoníaco sim, pois, quem conhece minha história recente (falo de pessoas que são ou foram próximas a mim), sabe da perseguição diabólica que sofri. Se eu tivesse morrido nessa época, tendo renegado à Razão aqui, perderia a Razão do “outro lado” – perderia a alma para sempre para o ódio eterno. Pela violência com que ele arrombou as frágeis portas do meu Coração incrédulo e ímpio, percebo, hoje, o quanto todos os seus pares odeiam os seres humanos. Nós temos o Amor em nós, temos a Centelha Divina a nos dar Vida e que  nos fecunda em corpo e alma, somos amados por Deus e temos como reconhecer isso. Isso faz com que nos odeiem sumamente.

Como eu disse mais acima, o que aconteceu a Satanás, pode acontecer a nós se agirmos como ele, em insano orgulho e obstinação no Mal e pecados. A condenação eterna não é algo que provenha de Deus. Absolutamente, não! Ele nos ama, mas nos deu livre escolha para o amarmos e vivermos em sua Luz, ou o rejeitarmos. Somos nós que atraímos o fruto de nossa iniquidade, a morte, quando não do corpo, da alma. Quando falo de morte da alma, não falo da primeira morte, a separação do corpo físico, que apenas a torna uma “sombra”; falo da segunda morte, que é quando o espírito que habita a mesma alma é obrigada a deixá-la por ela se encaminhar para o lugar que escolheu para si. Ali, há “choro e ranger de dentes”, lugar onde a alma perde o direito à Razão e se torna uma besta irracional definitivamente.

Para o estado de criatura de Deus em que nos situamos, a cristalização da vontade perversa pode ser irredutível, nos privando da capacidade de percebermos as coisas em sua justa medida, tais quais são. O discernimento se vai, não raro advém a loucura (demência ou psicopatia amoral). A Luz do Espírito Santo nos alcança (onde ela não chega??), mas não a vemos mais, nem ouvimos seus apelos. Nada mais poderá nos salvar, nem Deus o qual rejeitamos por seus conselhos até o ponto da petrificação de nossa personalidade. Esse caminho não tem volta, a partir desse ponto. É subsolo e mais para baixo!

***

Não citei acima, mas há seis ocorrências possíveis de pecar contra o Espírito Santo, segundo o Catecismo Maior de São Pio X (Papa). Eu me enquadrei em, pelo menos, quatro daquelas seis possibilidades até alguns meses atrás. Para ler mais sobre o tema, clique aqui!

Abaixo, o vídeo extraordinário do Padre Paulo Ricardo de Azevedo que explica, de forma clara, a extrema gravidade desse tipo exclusivo de afronta ao Criador. É desnecessário mencionar que identifiquei os comportamentos citados pelo Padre com os meus próprios, há alguns meses atrás. Ao soar do gongo, fui salvo ao admitir a mim mesmo a esterilidade de minhas iniquidades e as desgraças que atraíram sobre minha Vida e as de tantas outras pessoas.

Cordeiro de Deus, tende piedade de nós!

15 comentários em “Pecado Imperdoável

  1. Oi, Júlio   A Bíblia se responde a sí mesmo.Ou seja, a própria Bíblia responde aos nossos questionamentos.   Não podemos criar doutrinas extra-Bíblias. Qualquer argumento por melhor que seja, se não for Bíblico não é ministração de Deus e sim do HOMEM.   Qual o pecado contra o Espírito Santo? A própria Bíblia diz:  É atribuir a Satanás, o Belzebu, a obra de Deus. Aí ele se entristece e se afasta.   * O que significa entristecer / apagar o Espírito? Do mesmo modo, o Espírito Santo é uma chama que habita dentro de cada Cristão. Ele quer Se expressar através de nossas ações e atitudes.www.gotquestions.org/…/entristecer-​apagar-Espirito.html – Em cache

    * Ministério Evangélico Palavras da Vida ||| O Espírito Santo tem ciúmes: Tg. 4: 4 e 5. O Espírito Santo se entristece. Ef. 4: 30. O Espírito Santo se ira Mq. 2: 7ª. O Espírito Santo se afasta I Ts. 5: 19.www.palavrasdavida.com.br/estudos/​estudos-como-conhecer… – Em cache

    * A Serviço do Rei – Não apagueis o Eespírito Santo Entristece o Espírito Santo….. Efésios 4 … acerca do pecado que finalmente afasta o Espírito Santo do pecador, e sela sua destruição? R: “Se …www.aservicodorei.com/Estudos_Biblicos/​o-pec-imp.htm – Em cache

      Dá uma olhadinha.  Percebo que algo grandioso esta acontecendo em seu coração, mas devemos ter a Bíblia como regra de fé. Como falei, antes, se não for assim ficaremos malucos, pois cada um diz uma coisa.  A preleção desse Padre não é Bíblico, é religiosa.A blasfêmia contra o Espírito Santo é um pecado singular e somente abrange aqueles que já experimentaram o poder do Espírito em suas vidas e depois por algum motivo o rejeitaram com escárnio e endu­recimento. A blasfêmia contra o Espírito Santo é um pecado diferente dos demais; pois, para ele não há perdão. Os fariseus o cometeram quando, com intuito de afastar o povo de seguir a Jesus, afirma­ram que Ele havia expulsado demônios pelo espírito de Belzebu: Mt. l2.24.Pecado contra o Espírito Santo é rejeitar as mais claras provas de que as obras de Jesus fo­ram feitas pelo poder do Espírito e alegar que estes milagres pertencem ao Diabo. Isso é sinal de endurecimento completo, a ponto de não existir nenhuma esperança de arrependimento e conversão: o pecador torna-se incapaz de conhecer ou distinguir o divino do diabólico. Aquele que comete pecado dessa natureza sofre um afasta­mento imediato do Espírito Santo da sua vida, o que ocasiona morte espiritual total. É necessário ressaltar que, às vezes, aparecem pessoas, até chorando, por acha­rem que pesa sobre elas este pecado e, jul­gam que nunca poderão ser perdoadas. Po­rém, só o fato de estarem arrependidos, desejosos de salvação ou perdão, prova que não blasfemaram contra o Espírito Santo; pois, o próprio Espírito os está chamando para o arrependimento. Concluindo! Jesus advertiu aos fariseus duramente quanto ao perigo de blasfêmia e, através dessa advertência, fala aos homens de todos os tempos a respeito desse perigo de cortar a comunicação, o elo de ligação com o único que pode levá-los a Jesus Cristo. Portanto, quem peca contra o Pai e o Filho são perdoados, mas à partir do momento em que rejeitam o Espírito Santo, rejeita aquele que regenera, que convence; estão automaticamente rejeitando a salvação, e como poderão se salvar quem rejeita a salvação?                        Resultado da Busca 1. O PECADO CONTRA O ESPÍRITO SANTO « Bispo Hermes da Gama … obra do Espírito Santo, e Jesus disse que isto era uma blasfêmia. Por que a blasfêmia contra o Espírito Santo é um pecado … Belzebu: Mt. l2.24.Pecado contra o Espírito Santo é rejeitar as mais claras provas de que as obras de Jesus fo­ram feitas pelo poder do …hermesgama.wordpress.com/2008/04/03/o-​pecado-contra-o-e… – Em cache

    2. A Verdade Acima de Tudo … “Que constitui o pecado contra o espírito Santo? – Está em voluntariamente atribuir a Satanás a obra do espírito Santo. …É … contra o espírito Santo, pois não tinham observado as evidências e obras de Cristo realizadas através do …averdadeacimadetudo.tripod.com/​VolI7.htm – Em cache

    ________________________________

    Curtir

    1. Há contradições em sua pregação: se pecar contra o Espírito Santo só é possível aquele que foi “confirmado poe Ele”, como os fariseus teriam pecado contra o Espírito Santo? Explique! Não obstante o próprio Cristo estivesse diante deles e ter sido batizado no Espírito Santo, nem todos os fariseus assistiram isso e nem todos reconheceram (nem se deram conta).

      Como eu disse, eu já blasfemei contra o Espírito Santo e Cristo por diversas vezes, como eu mesmo exemplifiquei em meu relato. E nem por isso ele se negou a me salvar – ou melhor -, nem por isso fecharam-se as minhas portas para o Espírito Santo. Não há condenação da parte do Espírito, e sim da nossa sobre nós próprios. Deus não condena, todos os pecados contra o Filho do Homem serão perdoados, lembra?

      O problema é o nível de iniquidade a que essa blasfêmia leva o homem. Pense no que Paulo blasfemou e assassinou, depois de negar Cristo e seu Espírito Santo! Acaso o Espírito Santo não o atingiu depois? O problema é quanto é capaz de VOLUNTARIAMENTE deixar-se endurecer sob a influência do Demônio. Negar Cristo e a doutrina do Espírito Santo não condena ninguém, de per si, mas suas obras (Sl 62:2; Sl 28:4; Mt 16:27).

      Confessar ou não Jesus e o Espírito Santo não garante nada. Nem todos que rejeitavam o Espírito Santo, como reis do Antigo Testamento (ex.: rei Ciro que libertou os israelitas da Babilônia), deixavam de receber sua Luz. E muitos conheciam o Espírito Santo. José de Arimateia nunca aderiu, ao menos no que se sabe, à fé cristã. Ao contrário, continuou do lado dos que condenaram Jesus, mas agiu com piedade para com Jesus, agindo sob a ação do E.S. e tendo coragem de requerer seu Corpo.

      Fé sem obras é morta, e são as más obras que configuram a blasfêmia, não o simples fato de renegar com os lábios. O justo viverá pela Fé (Hab 2:4), mas são as obras que a confirmam, pois pelos frutos é que se conhece a Árvore (Mt 7:16). O filho pródigo renegou seu Pai (Deus) e seus conselhos (Espírito Santo), foi-se embora. Foi condenado de imediato? Não! O Pai esperaria por ele até que ele fosse dado como morto. Ele blasfemou e jogou o nome de seu Pai na lama, causando escândalo a seus irmãos. Mas, seu Pai o recebeu de volta e o perdoou.

      Conforme aconteceu com Satanás – que estava condenado a partir da expulsão de sua condição celeste -, assim é com o homem, sendo ele condenado a partir da perda total da Razão e/ou de sua morte física (ou o que vier primeiro). Depende do nível de endurecimento do Coração. Enquanto há chance de ser ouvido, mesmo blasfemado, o Espírito Santo procura nos salvar. Foi assim com Paulo que viu as obras de Estêvão, assim com Judas, com Pilatos e comigo também. Acaso, há dúvidas que eu blasfemei contra o Espírito Santo? Acaso eu pareço endurecido como o Faraó, cego de ódio como Satanás? Todos foram endurecidos depois de uma determinada fase de rejeição do Espírito Santo, mas, até certa altura, ainda detinham de Razão para retornarem de seu caminho de renegados.

      Então, a Igreja acredita ainda que não há ofensa séria o suficiente que não possa ser removida pelo Batismo ou absolvida pela Confissão (diante de Deus e pela Penitência) e que ninguém, por mau ou culpado que seja, não possa secretamente esperar o perdão. São Tomás de Aquino explica que a imperdoabilidade (condição resultante) significa que este pecado remove a possibilidade de alguém conseguir alcançar os meios de sua própria salvação, mas que, porém, ela não impede o Todo-Poderoso e misericordioso Deus de remover esse obstáculo através de um milagre. Este conceito é novamente afirmado no catecismo, que diz que “as portas do perdão devem permanecer sempre abertas para aqueles que querem se livrar do pecado” (cf. Mt 18:21-22).

      Um abraço em Cristo!

      Curtir

      1. visão estreita, concepção estreita.
        E as outras escrituras sagradas foram confrontadas?
        O que é pecado?
        Após definirem respondam: existe perdão ou remissão.
        O problema do cristianismo-paulinismo é que jogaram no lixo a reencarnação, que explica tudo isso claramente por uma tolice que é a ressurreição. Ressurreição não existe e ponto.

        Curtir

      2. Lembre-se de uma coisa: Espiritismo não é Cristianismo. Vocês podem ter tomado Cristo como modelo, justo isso, nada mais normal. Mas é a Igreja que transmitiu a Tradição até hoje, sem a qual não haveria nem mesmo Codificação Espírita. Mais respeito, portanto!

        Não tente empurrar a Doutrina Espírita ou atribuí-la como equivalente das mensagens de Cristo. Não existe outra Escritura que sirva de base ao Cristianismo. Nós respeitamos as outras Escrituras como sendo base de fé de outras religiões. Agora, se o Espiritismo absorve (mistura, assimila) ensinamentos de outras Escrituras, como se fossem equivalentes ao Evangelho, azar de vocês! Nós mantemos fidelidade à nossa Tradição!

        Sobre reencarnação? Sem comentários, você sabe que hoje, sendo católico, não creio mais em reencarnação. Não me cabe comentar, até porque não entro em desafios teológicos por simples provocação. Mas, logo mais devo postar algo a respeito…

        Curtir

  2. Desculpa.  Eu não sabia que você era católico.  Para mim voce seria um livre pesquisador das diversas correntes cristã.   Não pertenço a nenhuma denominação, embora como estudante de TEOLOGIA, conheço como creêm os ADVENTISTAS, OS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ, OS MÓRMONS, etc.e respeito.   Quando v. tiver recebido o Espírito Santo de Deus, você não será mais grosseiro e mal Educado, pois um dos frutos do Espírito ´é  Espírito de Mansidão.  * O que é o fruto do Espírito Santo? O que é o fruto do Espírito Santo? Que tipo de fruto o Espírito Santo produz na vida do Cristãos?www.gotquestions.org/Portugues/fruto-do-​Espirito.html – Em cache

    * Estudos Bíblicos – O FRUTO DO ESPÍRITO SANTO E O CARÁTER … Texto: Gálatas 5.22-25 O FRUTO DO ESPÍRITO SANTO é em si como um prezado e desejado fruto. Introdução – A famosa passagem de Paulo sobre o FRUTO DO ESPÍRITO …estudosbiblicos.spaceblog.com.br/59191/​O-FRUTO * Mais uma vez, perdoe.

    ________________________________

    Curtir

    1. Poderia me mostrar onde fui mal educado?? Acho que não tô conseguindo enxergar esse trecho, não aqui…

      Agora, se você respondeu ao meu e-mail, de forma equivocada, aqui no blog, então volte ao Yahoo!, copie seu primeiro e-mail (aquele com seus gibizinhos, diabólicos e escarnecedores), seguido de minha resposta (em legítima defesa da fé Católica), e então responda decentemente aqui. Tenha coragem, “irmã”! Cole fielmente tudo aqui! Aí sim saberemos quem é mal educado realmente, quem é hostil e encrenqueiro.

      Pois bem, então você tem um discurso mais “soft” para católicos, enquanto os desmoraliza por trás, aliada aos seus amigos maledicentes, à moda dos chacais e cachorros-do-mato?? É daquele jeito INFAME que você evangeliza? Ponha a mão na consciência, reveja seus atos e se pergunte se você está agindo, genuinamente, segundo as instruções dos apóstolos (como Paulo) e movida pelo Espírito Santo e sua Caridade, ou apenas pelo hálito insidioso da roda dos escarnecedores.

      Ah, tenho uma pequena observação adicional a fazer quando ao seu comentário acima (esse redigido “para inglês ver”). Você poderia se fazer mais clara se, sem sair da coerência a que você se propõe, falasse com suas próprias palavras, ao invés de apenas ficar no copia-e-cola. Deixe as apostilas, deixe de querer rastrear e determinar onde está o Espírito Santo por suas presunçosas conclusões, senão é impossível o diálogo sincero!

      Curtir

    2. Já que você demorou, e eu seja uma pessoa um pouco impaciente, antecipei você e colei abaixo sua “pregação evangélica”. Mas, claro, você não me enviaria tal infâmia se soubesse que eu retornara à Fé Cristã Católica e Apostólica. Com certeza, agiria como boa ovelhinha do Reino e tentaria me doutrinar de forma mais suave. Com certeza, você me encaminhou essa imagem por e-mail imaginando que seria para mim um prato cheio, em que eu pudesse participar desse festim de escarnecedores, os quais adoram colocar todos no mesmo saco e esquecem-se de sua lixeira rachada na base.

      Demais leitores, tomem cuidado com esse gênero de “evangelização”, porque de Evangelho não tem nada, apenas a mania destruir a Fé alheia. Postei apenas algumas imagens por não querer ocupar tanto espaço com intenções tão nefastas e pouco cristãs.

      Última reflexão: Acaso, conseguiriam santidade a partir da destruição e ataque à Fé alheia?? Suscitariam conversão ou o Caos ao derrubar a Fé alheia. É assim que pregam? Sim, aos católicos se fazem de ovelhinhas, mas entre os seus atacam-nos e maldizem nossa Fé como Lobos e escarnecedores.


      Gibizinho maledicente dos Protestantes









      Curtir

  3. Ola amigo! Gostei muito deste teu post! Me fez compreender de outro modo, ate porque nunca tinha aceitado aquela imagem de um Deus castigador… Gostei muito desta sua opiniao.
    Se ve que vc eh um buscador da Verdade.
    Porem…
    Como irma em Jesus, nosso Messias, te peco que investigue mais sobre a igreja carolica, um exemplo bem basico sao os 10 mandamentos de Deus. Olha eles na biblia em Ex. 20 e olha eles num livro da catequese, que eh como os jovens aprendem. Esta distorcido. E estamos falando dos mandamentos de Deus, e da Sua Palavra. Nos mandmentos tbm se pode ler sobre imagens…No final do Apocalipse (22:14_15) vemos que quem acressenta ou retira alguma coisa eh mau visto aos olhos de Deus, ora, como eu posso confiar nesta igreja!!???
    Abraco irmao, continue aprendendo e buscando conhecimento e nos ensinando, procure conhecer tbm os illuminati, e cera q a coisa ta mais feia do que parece… Mas o nosso Criador eh mto maior do que tudo!
    A paz!

    Curtir

    1. Lembre-se: não há outra igreja de Cristo além dessa. Todas que surgiram da Igreja Católica, adotaram o cânon bíblico estabelecido pelos Concílios Católicos. Lembre-se, sobre os mandamentos, do que Jesus disse: “Amarás o Senhor teu Deus (…) e ao próximo como a ti mesmo, Toda Lei e os Profetas se resumem nesse mandamento”. Me responda qual parte dos mandamentos a Igreja desrespeita?

      Se o povo idolatra imagens, isso é um comportamento de cada um. Se a Igreja superestima Maria, além do que convém, é culpa dos conspiradores que querem derrubar a Igreja a partir do próprio Vaticano, a mesma “fumaça de Satanás” da qual falava o Papa Paulo VI. Moisés transmitiu a Lei, proibiu o povo de adorar imagens, mas também esculpiu uma serpente de bronze para que aquele que olhasse pra serpente ficasse curado. Pesquise!

      Não adoro imagens, me utilizo de ícones, o que é bem diferente. As imagens não são coisas vivas, mas “janelas” para o Céu, através das quais me inspiro a rezar com mais fervor, lendo a Bíblia e comungando do Corpo de nosso Senhor, vivo na Eucaristia, como ele nos declarou.

      Todo argumento contra a Igreja, exceto aqueles crimes cometidos pelos próprios bispos e sacerdotes traidores para afundar a Igreja, são obra enganadora de Satanás! Um dia, verão como isso é fato! Eu vi e ouvi do próprio demônio incorporado, então já não me restaram dúvidas!

      A Paz do Senhor Jesus Cristo esteja entre nós!

      Curtir

  4. “Todo o que tiver falado contra o Filho do Homem será perdoado. Se, porém, falar contra o Espírito Santo, não alcançará perdão nem neste século nem no século vindouro. (Mt. 12,32)”
    EBRAEL, o povo em geral, religioso e não religioso, culto e analfabeto, não conhece e muito menos sabe a seriedade do acima transcrito. E lhe AFIRMO: somente quem estuda, mas, que estuda MESMO a Cultura Racional está preparado para explicar, provar e comprovar a VERACIDADE de Matheus 12,32. A maioria esmagadora nada entende do que lê na Bíblia. Infelizmente, devido à vaidade, ambição e à ganância, são meros papagaios. Não vou estender mais, apenas comento, com espírito de fraternidade, para chamar atenção dos nossos semelhantes. Cada qual que procure ir além, por si mesmo, porque desenvolvimento, ascensão é, sem sombra de dúvida, algo absolutamente individual.
    Gratos pela postagem e o meu abraço muito elevado!

    Curtir

    1. Àquele a quem foi dado (e cuidou) lhe será acrescentado ainda mais; daquele a quem nada foi dado, até o que tem lhe será tirado (se não se esforçou para ter-crescer-saber).

      O povo se desvinculou da doutrina e se apega ao devocionismo supersticioso, sem conhecimento algum do que suas bocas proferem. Bem dizia Jesus: “Não é o que entra pela boca que contamina um homem, mas o que sai de sua boca, pois a mesma expele o que sobeja no coração!”

      Suas considerações são plenamente válidas, minha Irmã! Um abraço e obrigado!

      Curtir

  5. EL MÁS GRANDE PECADO QUE NO SE PERDONA. EN LOS CIELOS. Y EN LA TIERRA. ES CONTRA EL ESPIRITU SANTO. Y EL ESPIRITU SANTO. SE MANIFESTÓ EL DÍA DE PENTACOSTE. ES CUANDO SE FUNDO LA SANTA MADRE IGLESIA CATÓLICA APOSTOLICA. Y TODA LAS PERSONA QUE ESTA AFUERA DE LA VERDADERA IGLESIA CATÓLICA APOSTOLICA LA QUE OFICIA LA SANTA MISA EN LATÍN. ESTA EN PECADO MORTAL.

    Curtir

    1. Buen dia, antes de todo, Francisco! 😐

      Como he dicho, ese tipo de pecado se coaduna con el que cometió Satanás: el endurecimiento del corazón por la soberbia y la permanéncia voluntária en el error. Despues de traspasar cierto limite, no hay vuelta posible. Dios Santo nos libere de esa desgracia!

      Gracias por venir y recibid mis saludos fraternos! In Corde Iesu et Mariae!

      Curtir

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s