Cristofobia, intolerância islâmica e adulação petista


Há algum tempo que – entre tantos outros fatos escandalosos – choca-me a adulação que o governo petista presta aos regimes totalitários do mundo. Não é apenas adulação a governantes esquerdistas nem somente apoio aos grupos narcotraficantes (FARCs) da América Latina o que nos escandaliza, senão também aos terroristas islâmicos do Oriente Médio. No evento da posse do venezuelano Nicolas Maduro (acompanhado da sombra de Chaves, seu “pajarito”), eleito sob sérias denúncias de fraude, estavam presentes os presidentes esquerdistas dos principais países das Américas, incluindo o “Dilmão” (a castrista tupiniquim, Dilma Roussef). Entre eles também era aplaudido (ninguém esteja surpreso) o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad, saudado pela multidão como um dos heróis da resistência anti-imperialista atual.

Lula e o iraniano atômico Mahmoud Ahmadinejad: democratas?
Lula e o iraniano atômico Mahmoud Ahmadinejad: democratas?

É revoltante como presidentes de países ditos democráticos ainda se prestam ao papel desavergonhado de respaldar regimes em que o vocábulo democracia é tido como algo ofensivo e símbolo de degradação própria do Ocidente. Como flertar com governantes que prometem guerra à civilização Ocidental e que prometem reduzir o Mundo a um feudo planetário do Islã??

Continue Lendo “Cristofobia, intolerância islâmica e adulação petista”

“Direitos Sexuais das Crianças”? Promoção da Pedofilia, isso sim!


Abaixo, cartazes de divulgação de eventos relacionados à discussão sobre os “Direitos Sexuais das Crianças” e do Adolescente, promovidas por entidas públicas e organismos (anti-) sociais. Sinceramente, eu não sabia que existiam já, de forma tão explícita, discussões sobre tais “direitos”. Pensava eu, em minha ingenuidade, que crianças tinham direito a uma educação de qualidade, à alimentação, a ter pais e mães que os acompanhem e eduquem com base em valores morais sólidos, à proteção…

No entanto, o que podemos constatar é que todas as iniciativas de Governos esquerdalhas (como o do PT) e de pseudodemocratas (PSDB) incentivam a marginalidade (ao dar estímulo à delinquência com a blindagem do Estatuto da Criança e do Adolescente), promovem a prostituição infantil (ao rebaixar a idade de consentimento sexual para 14 – e logo -, para 12 anos), instituiram a aprovação automática – e não mais por mérito escolar – dos alunos da rede pública de ensino, etc.

Agora, estão a discutindo a “melhor” maneira de garantir “direitos sexuais” aos incapazes e vulneráveis! Sexo é ato procriativo, que se torna natural somente ao passo que naturalmente amadurece a capacidade de discernimento do jovem, e que tende a ter seu ápice na aquisição de responsabilidade mediante o casamento. Mas, nem senso de responsabilidade fazem nascer nos adolescentes (a não ser um automatismo politicamente correto, manipulado) nem propiciam o amadurecimento psicológico às crianças para que possam se desenvolver de forma equilibrada em direção à sua realização como pessoas humanas.

Leia isso: ONU estuda estender “Direitos Sexuais” inclusive a crianças de 10 anos. Não é isso que já Luiz Mott, Jean Wyllys e militância gayzista propõem em seus seminários LGBT’s??

Para provar que a agenda gayzista vem direto da ONU, aqui a prova de que no Brasil segue-se o cronograma acima apontado: http://www.childhood.org.br/direitos-sexuais-da-crianca-e-do-adolescente-serao-discutidos-no-rio-de-janeiro.

Discurso de ódio? Isso aqui é discurso de ódio!!


Bem, são tão numerosas as aberrações jurídicas e morais nessa tão antidemocrática democracia (a antítese é plenamente válida, nesse caso), que fico tonto numa tentativa de abater moscas varejeiras que se proliferam como pragas. Criminalizam a opinião de pessoas que defendem, heroicamente, seus princípios (com direito fundamentado na Constituição) e fazem ascender ao pedestal dos ídolos os mais venais bandidos e larápios desta nação.

A população, em sua grande maioria, já é composta de uma massa informe e indistinta de paspalhos e abobalhados. Mas, mesmo aqueles que se esforçam para manter a coerência são colocados a rodopiarem nesse carrossel de sandices em que se tornou a vida pública nacional. Ainda assim, num resfolegar hercúleo, prosseguimos em nossa tarefa de escancarar as obras das Trevas políticas (invocando o Príncipe, de Maquiavel) em nossa internet ainda livre de censuras (isso, já são favas contadas).

Eu já havia denunciado, no fim da semana anterior, um exemplo de deboche com que a militância gayzista trata a Fé daqueles lhes são críticos, em que ativistas desavergonhados zombam da Cruz, símbolo maior da Fé Cristã, em plena Sexta-Feira Santa. Abaixo, um dos incendiários mais fervorosos da causa Gayzista (que não é a mesma coisa que a defesa da cidadania dos gays, diga-se), Luiz Mott, autor de pérolas como Meu moleque ideal (que ele, covardemente, retirou de seu blog) e influente (??) organizador de manifestações contra religiosos, desferiu mais um tiro incoerente em seu perfil no Twitter, com seu dedo podre, disseminando este artigo implicitamente cristofóbico, como consta no print de imagem para comprovar sua postagem, se ele deletasse a mesma:

Continue Lendo “Discurso de ódio? Isso aqui é discurso de ódio!!”