Abaixo, cartazes de divulgação de eventos relacionados à discussão sobre os “Direitos Sexuais das Crianças” e do Adolescente, promovidas por entidas públicas e organismos (anti-) sociais. Sinceramente, eu não sabia que existiam já, de forma tão explícita, discussões sobre tais “direitos”. Pensava eu, em minha ingenuidade, que crianças tinham direito a uma educação de qualidade, à alimentação, a ter pais e mães que os acompanhem e eduquem com base em valores morais sólidos, à proteção…

No entanto, o que podemos constatar é que todas as iniciativas de Governos esquerdalhas (como o do PT) e de pseudodemocratas (PSDB) incentivam a marginalidade (ao dar estímulo à delinquência com a blindagem do Estatuto da Criança e do Adolescente), promovem a prostituição infantil (ao rebaixar a idade de consentimento sexual para 14 – e logo -, para 12 anos), instituiram a aprovação automática – e não mais por mérito escolar – dos alunos da rede pública de ensino, etc.

Agora, estão a discutindo a “melhor” maneira de garantir “direitos sexuais” aos incapazes e vulneráveis! Sexo é ato procriativo, que se torna natural somente ao passo que naturalmente amadurece a capacidade de discernimento do jovem, e que tende a ter seu ápice na aquisição de responsabilidade mediante o casamento. Mas, nem senso de responsabilidade fazem nascer nos adolescentes (a não ser um automatismo politicamente correto, manipulado) nem propiciam o amadurecimento psicológico às crianças para que possam se desenvolver de forma equilibrada em direção à sua realização como pessoas humanas.

Leia isso: ONU estuda estender “Direitos Sexuais” inclusive a crianças de 10 anos. Não é isso que já Luiz Mott, Jean Wyllys e militância gayzista propõem em seus seminários LGBT’s??

Para provar que a agenda gayzista vem direto da ONU, aqui a prova de que no Brasil segue-se o cronograma acima apontado: http://www.childhood.org.br/direitos-sexuais-da-crianca-e-do-adolescente-serao-discutidos-no-rio-de-janeiro.

Anúncios

12 comentários em ““Direitos Sexuais das Crianças”? Promoção da Pedofilia, isso sim!

  1. Fiquei de queixo caído…. Simplesmente não vejo como ter um filho neste mundo de hoje em dia… Como dar à luz um filho para que cresça e mais tarde seja bombardeado com um monte de coisas dessas?? Quantos “direitos” sem sentido. Sinceramente, não sei o que fazer…

    Curtir

  2. Como é que se pode pretender garantir direitos sexuais de “incapazes” e “vulneráveis”. Ensinando-lhes o que é o sexo? Essa questão não é para outra fase da vida, a adolescência? Sinceramente, não sei onde isso vai parar, principalmente se a sociedade continuar inerte, passiva, omissa. No meu blog, o Dando Pitacos, sempre defendi a liberdade de opção sexual, sempre sustentei que homens e mulheres, ADULTOS, têm o direito de escolher seus parceiros, mas envolver crianças neste tipo de discussão é um absurdo!

    Curtir

    1. Pois então, Carlos! Eu também sempre defendi que todos devem ser livres para decidir o que fazer de sua vida, inclusive sexual, desde que sejam maiores de idade. Enquanto menores, esses não têm direitos que não devam ser avalizados pelos pais. Embora eu seja contrário à prática homossexual, eu defendo sim que as pessoas possam decidir, desde que não obriguem todos à tácita aceitação de suas condutas.

      Acredite: na luta gayzista, não há apenas a intenção de garantir direitos, pois estes eles já os têm. Há sim, sob o discurso coitadista e vitimista, a intenção de redefinir a sociedade com base na libertinagem sexual. Sabem eles que, soltos os demônios da libertinagem e dos vícios incontinentes, toda a capacidade de julgamento moral – e mesmo de oposição – é demolida pelo posicionamento politicamente correto, baseado na falsa interpretação da palavra liberdade.

      Chocar e distorcer! Quebrar tabus, antes necessários para a consrvação da civilização, destruir a Religião e a Moral – é isso que querem os gayzistas que defendem essas e outras aberrações!

      Assista a esse vídeo e você saberá que o fundo desse poço não está aqui na Terra, mas no Inferno:

      Curtir

    1. Carlos, infelizmente, ainda não encontrei um formato do meu gosto para exposição de meus parceiros de blog. Mas, com satisfação, estou inserindo o link de seu blog na seção “Recomendo” na barra lateral do Dies Irae. Na dúvida, passa ali; ao menos, saberás que também o elegi e o recomendo!

      Um abraço de seu novo companheiro de Blogosfera!

      In Corde Iesu, 😀

      Ebrael.

      Curtir

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s