ATEA: Ateus e agnósticos ultrajam católicos


Em colaboração com um amigo do Facebook que me marcou em uma de suas postagens, venho hoje ao blog para denunciar mais uma das já não surpreendentes agressões laicistas de setores ateus e neoateus, protegidos por organizações anticatólicas, contra símbolos da Igreja e a pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo. Trata-se de integrantes mentalmente desnutridos, sem vergonha na cara, de uma página de ateus, a ATEA.

Militam em nome de um laicismo estatal, mas esquecem que o Laicismo não equivale ao Ateísmo, mas à neutralidade do Estado em relação às opções de crença ou não-crença dos cidadãos. Mais: ainda que o Ateísmo não possa ser enquadrado como um credo, nem mesmo antirreligioso, ele nasceu (com o Positivismo iluminista, de inspiração maçônica) de uma relação de oposição às crenças teístas. Portanto, antes de mais nada, ateus e agnósticos precisam ser honestos consigo mesmos e admitirem que o Ateísmo tem sim relação com as religiões. Como veremos abaixo, eles mantém um posicionamento agressivo em relação a elas e incitador de ódio anticristão, já conhecido como Cristofobia.

(Clique na imagem abaixo para acessar a postagem no Facebook)

10486425_827549290608988_1848641331953927014_n

Onde está a democracia e liberdade de crença que eles dizem pleitear? Nós, católicos, devemos respeitar todos os credos e, inclusive, a opção das pessoas em não crerem em coisa alguma. Mas, tão logo algo em que cremos vá contra seus ideais, eles atacam, ridicularizam, agridem verbalmente e ultrajam símbolos de crenças dos outros.

Como podemos levar a sério sua postura “democrática” se, tão logo se lhe deem espaço, eles atentam contra o Código Penal (art. 208)? Se desrespeitam a Lei sem deter todo o poder, o que presenciaríamos se detivessem? Perseguições físicas, além de ultrajes públicos, deixados sempre impunes pelas redes sociais em mãos de sionistas e maçons imundos? Com certeza, sim, como acontece sempre em regimes ditatoriais de inspiração revolucionária, que usam o povo para destruir o próprio povo e se apossarem das nações. A primeira coisa que fazem é violentar a Liberdade de Consciência do povo, impedindo-o de pleitear direito de defesa contra atentados de ratazanas como estas, da página ATEA.

Temos duas alternativas, para as quais conclamo a todos os católicos e/ou conservadores de boa vontade:

  1. Denunciar ambas, a página e a postagem acima, ao Facebook (veja como clicando aqui e aqui);
  2. Denunciar a página (especificamente, o link da postagem) à Polícia Federal (saiba como ao visualizar esta imagem e, após, indo ao site da PF);
  3. Compartilhando esta denúncia em suas redes sociais (aproveite os botões de compartilhamento no rodapé deste artigo).

Pode ser que uma denúncia, apenas, não derrube a infame página, nem faça o Facebook remover a publicação do ar. Mas, juntos somos mais fortes. Tenho certeza que, se o Facebook ignorar uma denúncia, não o poderá fazer com centenas ou milhares. Se a súcia imunda dos endemoninhados pode congregar para fazer maldades, em uma espiral do delírio sem nenhum sinal de sanidade, por que não poderíamos conseguir também combate-los?

Tudo é questão de iniciativa e consciência cidadã. Se fazem isso com as religiões, o que não farão com aqueles que não tiverem bases para se oporem a eles?

Anúncios

7 comentários

  1. Por que ficou tão ultrajado? Deixe que Jesus volte finalmente, e ele mesmo em pessoa vai tratar com esses ateus e agnósticos malvados… ele não precisa da sua ajuda.

    Curtir

    1. Se você não é capaz de se escandalizar pelo ultraje ao seu Senhor (ainda que ele não necessite disso), como exultará (sentimento oposto ao escândalo) quando ele voltar? Se você não é capaz de cuidar da pregação do Evangelho, como se escandalizará contra as blasfêmias contra sua mensagem? Se você não sabe o que é algo, você nem se importa, nem desdenha: você é indiferente. Para que o Mal vença, basta que o Bem nada faça!

      “Que sejas quente ou frio; pois, se fores morno, te vomitarei de minha Boca”. (Apocalipse 3, 16)

      Curtir

  2. Teu senhor me ultrajou ao matar criancinhas e grávidas no dilúvio, matar crianças e grávidas em Sodoma, ao mandar um urso matar crianças, ao ser favorável ao estupro, ao genocídio, à escravidão.
    Toda vez que falam “chuta que é macumba”, nenhum umbandista se ultraja.
    E quando falam que um homicídio ocorreu porque o criminoso “não tem deus no coração”, assim, inferindo que ateísmo implica em malevolência e criminalidade? Não, nem me ultrajo, mas podia.

    Curtir

    1. Sua atitude não é a minha. Minha visão não existe pelo teu olho. Porém, quando me negas a liberdade e me tiras o sono, não é a mim somente que fazes isso. Teu vínculo e ódio ao “meu” Deus é ódio a ti mesmo. O Ateísmo é o Teísmo não admitido, rebelde e perverso. Toda perversão consiste em negar o óbvio, e não seria isso o germe de toda loucura humana?

      Pense bem! Hoje, estou de bom humor, aproveite! 😀

      Curtir

  3. Ridículo quando usa de zombar De Deus!
    Ainda que seja uma imagem, creio que existe tantas coisas para criticar e ofender se quiser-mos.
    Essa é minha opinião.
    Não estou julgando, porém acho falta de criatividade e imbecilidade essa besteira sem graça e absurda.

    Curtido por 1 pessoa

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s