A Inquisição voltou, e está online!


Para os católicos imbuídos de mentalidade esquerdista ou modernista, seria interessante que dessem uma olhada no site Inquisição Online, que visa não apenas desmistificar os absurdos históricos que se fala da Santa Inquisição, mas também esmigalhar as mentiras heréticas propagadas pelos inimigos históricos da Igreja, constantes em livros de História, publicações das mídias de massa, predominantemente ateísta (livros, jornais, revistas, novelas, peças de teatro, etc.), e por aí vai-se.

Dentre as tantas iniciativas de católicos devotos para estimular a formação legitimamente católica dos leigos, tais como o site do Padre Paulo Ricardo, a página do Padre Rodrigo Maria, Logos Apologética, Fratres In Unum, entre outros, eu e mais alguns fiéis amigos, nos levantamos para dar nossa contribuição ao Evangelho de Cristo e confirmar as Promessas de nosso Batismo, da forma que nos é possível.

Assim, convido a todos a visitarem nosso site e curtirem nossa Página no Facebook, fortalecendo os vínculos entre católicos, hoje tão isolados e acossados em suas comunidades por alguns padres traidores e leigos desavergonhados. Divulgue, chame outros amigos, compartilhem essa nova semente de zelo de nosso discipulado cristão!

Adicionalmente, como proposta inicial de tema, recomendo, principalmente aos (que se dizem) católicos, que leiam os prognósticos quase proféticos de São Pio X, escritos há quase 107 anos, sobre a crise que se abate sobre a Cristandade nos dias atuais: Pascendi Dominici Gregis (sobre as Doutrinas Modernistas).

Aproveite e leia também:

In Cordibus Iesu et Mariæ! 😀

Anúncios

2 Replies to “A Inquisição voltou, e está online!”

  1. Interessante. Passei 20 minutos lendo seu post sobre os judeus e o Talmud, sobre o “ódio” que os judeus supostamente sentem pelos gentios. E por um instante imaginei que você fosse um ateu, agnóstico ou new nazista, mas fiquei surpreso ao saber que você é um cristão católico fervoroso. Ebrael, o Talmud foi escrito dentro de cativeiros babilônicos, na escravidão, foi um meio que permitiu que os judeus sobrevivessem em meio a tantas perseguições. E isso durou até o século XX, quando eles eram proibidos por cristãos de exercer qualquer profissão que não fosse a medicina ou o direito. Judeus não acreditam no inferno, aliás, nem criaram a palavra inferno. Quem criou o inferno foram os sábios do Novo Testamento. E sabe o que o Novo Testamento diz, caro Ebrael? Diz simplesmente que aqueles que não crerem e não forem batizados serão condenados (ódio aos não cristãos). E você falou em sacrifício de crianças em rituais pagãos feitos por judeus, mas nunca parou pra se perguntar, como o Deus do novo testamento, o mesmo que impediu que Abraão sacrificasse Isaac, um Deus tão cheio de amor que você louva, mandou seu filho a terra, o seu filho que ao mesmo tempo era o próprio Deus, e permitiu que seu amado filho, sábio, bondoso e amoroso (Tenho profunda admiração pelos ensinamentos de Jesus, que não se parecem em nada com esse criatianismo que você prega, de ódio), então… Como esse Deus de amor e misericórdia deixou morrer seu filho em uma cruz, agonizando, pedindo socorro, porque se seu filho não fizesse isso Ele iria se iria destruir toda a humanidade, mandá-los pro inferno. Como? São perguntas que me faço até hoje. Deus encarnou, veio a terra e se deixou assassinar pelos romanos, que oprimiam os judeus, incluindo Jesus, e os romanos se converteram em cristãos através de Constantino, que misturou cristianismo com paganismo romano (sim, a ceia é um ritual canibal onde se come carne e sangue de um homem sacrificado e comparado a um animal, o cordeiro). E esse ritual de comer o corpo do cordeiro é pra perdoar os pecados de cristãos como você, que dissemina seu ódio e hipocrisia pela Internet, deveria se preocupar com a coexistência dos povos. Dos judeus que hoje seguem o Talmud ao pé da letra contam-se menos de 100 mil, são os haredins. Vivem nos EUA e em Jerusalém. São contra o sionismo, não reconhecem o Estado de Israel e apoiam a causa palestina. Negam veemente o holocausto. Os Naturei Karta (Guardiões da Cidade), consideram os demais judeus não ortodoxos como gentios. Mas jamais generalize, apenas 20% dos judeus do mundo são ortodoxos e seguem leis milenares do tempo de Moisés. 1% são ultra ortodoxos e são fanáticos ao extremo. Não serviam ao Exército Israelense até bem pouco tempo atrás, quando foram obrigados pela maioria dos israelenses laicos. Nem todo israelense é judeu e nem todo judeu é israelense. 79% dos judeus do mundo são apenas conservadores, reformistas ou progressistas. E se os judeus de fato odiassem os cristãos, não existiriam tantas igrejas católicas em Israel e tanta peregrinação por lá. Boa parte das propriedades de Israel pertencem a Igreja Católica desde as cruzadas contra os “infiéis”. Leia mais amigo.

    Curtir

    1. Bem, em primeiro lugar, o Talmud não foi escrito no Exílio. O Talmud é chamado babilônico porque os rabinos que o compilaram moravam na Babilônia, mas não no tempo de Exílio, e sim após a era Cristã.

      Segundo: o Talmud não deve ser justificado, em seus preceitos RACISTAS, por causa de uma tal perseguição antijudaica. As leis os preservam. Essa conversa fiada continua a mesma, o discurso chantagista e coitadista dos que reclamam de perseguição racista, mas não deixam, por “tradição”, que suas filhas casem com negros. Ao menos, não em sua maioria.

      Terceiro: não tenho nenhum problema com judeus por serem judeus, mas por alguns setores de suas elites, principalmente as de orientação sionista, uma facção poderosa e de cunho supremacista. Basicamente: supremacismo fanático baseado em um messianismo materialista. Raça de ladrões e assassinos, tais quais os que governam o Estado Terrorista de Israel.

      Curtir

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s