Alemanha 7 x 1 Gandulas do Brasil


Time ruim, time horrível, começou o jogo sem nem conseguir tocar e dominar uma bola. E assim foi: um jogo de um time só em que os gandulas brasileiros, vestidos com a camisa da CBF, tiveram a chance de mostrar por que gandulas são tão importantes. Time frouxo, inteiramente incapaz. Emocionalmente desequilibrado. Equilíbrio não é fundamento a ser analisado no ato da convocação ou esses são os menos piores dos gandulas brasileiros pelo Mundo?

Daqui a pouco, vão vir com aquela palhaçada de que a SELECINHO estava mal por causa da ausência do Neymar. Hey, é ou não é? Aquele timeco não ganharia nem do Avaí!

Vamos lá, POVO IDIOTA, vamos lá! Vamos, paguem a conta da piada que seremos diante do Mundo! Não bastasse a piada que é nosso cotidiano nacional, agora essa grande e bilionária piada. Vamos lá, recolham seu banquinho e saquem seus lencinhos, vocês, que pagaram seus ingressos à FIFA e que a verão levar todo o dinheiro sem deixar um centavo de imposto.

Chorem bastante, POVO RETARDADO! Chorem e fiquem aí macaqueando esse patriotismo de chuteiras com as quais a FIFA e as empreiteiras dos estádios chutam as vossas bundas gordas. Bando de imbecis vocês todos, adolescentes imaturos, ensinando vossos filhos a chorarem por futebol? Passando aos filhos a maldição dessa doença mental que toma conta das pessoas em dias de jogos?

Somente alguma perturbação mental ou emocional justificaria que uma pessoa sofra e soluce por causa de um evento em nada patriótico, cheio de tramoias e que não lhes traz nenhum benefício OBJETIVO. É um Circo mesmo, onde os palhaços estão na plateia. BABACAS!

Voltemos todos agora para a senzala, cambada de capachos idiotas!

Projeto de califado islâmico promete exterminar cristãos


Nunca foi novidade alguma o caráter anticristão do Islamismo. Digam o que disserem a turma do deixa-disso, os muçulmanos moderados e a mídia cristofóbica sionista, o fato é que hordas de radicais muçulmanos assassinos, inspirados nos pressupostos corânicos e insuflados por grosso apoio bélico dos EUA e União Europeia, prometem já, abertamente, aniquilar os cristãos e fazer desaparecer o Cristianismo do Oriente Médio e norte da África. Sim, estamos em uma nova (e global) Intifada contra o Ocidente Cristão, que logo chegará à Europa .

Alguns dirão que eles também ameaçam aniquilar o Estado de Israel. No entanto, Israel tem um imenso arsenal nuclear, uma das mais poderosas forças aéreas do mundo e, praticamente, todas as grandes potências ocidentais a apoiá-lo. Agora, me digam, quem protegerá os cristãos indefesos do Oriente Médio? Ironicamente, somente o ditador sírio Bashar Al-Assad, mesmo não sendo por caridade, têm intervindo em favor dos cristãos.

Cristãos crucificados por radicais islâmicos na província de Aleppo, Síria. Maio de 2014.

Massacres desumanos têm sido empreendidos contra vilas e cidades cristãs inteiras na Síria (e em todo o mundo). A mídia ocidental guarda um criminoso silêncio. Quase um apoio tácito aos massacres. Grupos terroristas jihadistas, tais como o ISIS, nascidos no seio da Al-Qaeda, treinados e armados pelos EUA, solenemente aclamaram um de seus líderes, Abu Bakr Al-Baghdadi, como Califa (líder dos muçulmanos do mundo inteiro). Ou seja: pretendem restaurar o Califado e retomar (no mínimo) todo o Oriente Médio e Norte da África ao Islamismo. Claro, à força, à base do “crê ou morre”.

Continue Lendo “Projeto de califado islâmico promete exterminar cristãos”

As revoluções enquanto negócios


Nesses tempos em que as manifestações populares deixaram de surgir em favor de  uma causa e se tornaram fenômenos meramente midiáticos, ou mesmo da moda, seria útil nos perguntarmos até que ponto tais eventos são realmente espontâneos. Pois, um povo que diz exigir o cumprimento da lei não pode, ao mesmo tempo, se arrogar o direito imediato de infringir a própria lei.

Serão, então, essas manifestações um teste de para nossa percepção a fim de percebermos quão irracionais e incoerentes podem ser tais manifestantes? Hoje, estar do lado dos “oprimidos” é conveniente para aqueles que precisam de salvo-conduto para sair vandalizando tudo. Me perguntarão se, acaso, defendo os bancos e a integridade de suas agências bancárias? Não, o que eu defendo é a ordem pública e a não proliferação de maus exemplos aos jovens. Pois, se esses “manifestantes” vandalizam por “justiça”, o que não fariam se tivessem carta branca de verdade?

Continue Lendo “As revoluções enquanto negócios”

A profundis mirantis…


Há certos olhares que nos desconcertam, gestos que nos desarmam, lágrimas que encerram em si a potência de uma tormenta furiosa. Diante de olhos inquietos, lábios súplices e mãos trêmulas de cansaço, nosso caminho é interrompido e nos obrigamos a nos perguntar: Por que eu?

Por que eu fui premiado com essa espontaneidade implacável? Por que pude eu encarar a sinceridade e continuar de pé, vivo, em meio à minha própria separação do Mundo? Por que eu?

Nas profundezas de quem fixa o olhar, podemos passar por um dos muitos exorcismos que expulsam o demônio de nossa Soberba!

***

Fonte das imagens: Públicas.