Mal conseguiram fazer esfriar o defunto dessas eleições (o qual não acredito que o PSDB queira realmente exumar), e a presidente “eleita”, Dilma Rousseff, com seus companheirinhos de aventura (petralhas e a trupe do Michel Temer), já voltou à carga com seus planos de golpe de Estado.

Sim, já está mais do que configurado um golpe de Estado este projeto de reforma política do PT, bem ao estilo bolivariano. Querem forçar um plebiscito que aprove a criação de uma Assembleia Constituinte para reformar a Constituição no que diz respeito ao plano político do país. Bem, necessário é que todos saibam que Constituição não é como cardápio de botequim, que muda-se na lousa, reescrevendo-o com giz. Precisa-se de propostas de emendas constituições individuais, dentro de um ritual jurídico e próprio, regras claras. Tentar criar uma Constituinte para reformar a Constituição é como criar uma outra Constituição. É golpe!

Fonte petista: http://www.pt.org.br/camara-recebe-proposta-para-realizacao-de-assembleia-constituinte-exclusiva/.

>> ‘Plebiscito constituinte para reforma política é golpe de Estado’, alertam os maiores juristas do país.

O que será que pretendem com essa Constituinte?

Uma das propostas é votar uma cláusula de barreira para ingresso de partidos nos quadros do Congresso. Assim, partidos de aluguel deixariam de ganhar dinheiro alugando suas legendas para candidatos de ocasião. É bom, por um lado? Parece que sim. Mas, não haveria mal algum se esses partidos (que representaria sim uma parte da opinião do eleitorado) se sustentassem com a contribuição de afiliados, ao invés do financiamento público. Se essa cláusula fosse aprovada, cerca de 7 partidos dominariam o Congresso, deixando de haver real representatividade popular, ficando privilegiados os partidos da base governista, que já detém ampla maioria, e suas militâncias fanáticas (ou debiloides).

Outra proposta é o financiamento exclusivamente público de campanha. Além de onerar a máquina pública com mais gastos, obviamente os partidos aliados do Governo, de onde sairiam os fundos para campanhas, seriam, de alguma forma, privilegiados.

***

Mas, o que mais me espantou por esses dias, além da insistência do PT e aliados em “democratizar” a mídia (leia-se: censurar), foi a falta de vergonha em que os petistas já anunciam, sem medo de serem infelizes, seus planos para os próximos quatro anos de des-governo. Na coluna do Reinaldo Azevedo, encontramos o documento oficial com a Resolução da Executiva do PT sobre seus planos, devidamente atualizado. Aqui, nesse link, disponibilizo o PDF com a íntegra da insanidade do momento.

Depois que seguraram os números da dívida pública até que Dilma vencesse as eleições — pois, se divulgados, ela apearia de Brasília —, agora se sentem à vontade para decretar a urgência da transformação da sociedade via “revolução cultural” (ideologização do Estado), buscando a “hegemonia política” (perseguição e eliminação dos opositores), sem descuidar da “regulamentação da mídia” (a volta da censura), algo urgente para eles. Como se não bastasse chantagear canais de televisão para que não se noticie sua podridão, agora querem calar de vez a boca da sociedade, censurando a internet e os jornais.

Eu tenho pena daqueles que combateram essa Besta socialista que continuou no poder, com seus asseclas e máquina de destruição nacional. Mas, quando o povo, que colocou sua própria mediocridade acima da soberania da nação, votando nessa aprendiz de Apedeuta, Dilma Rousseff, se der conta da besteira que fizeram; quando estiver nas filas do racionamento de alimentos e apagão energético; quando levarem com as botas dos comunistas no rosto; quando tiverem de ceder suas casas aos sem-teto e vagabundos; quando forem perseguidos por reclamar da falta de papel higiênico; quero é dar muita risada. Ir para os EUA e rir muito da cara desses retardados, povo de merda!

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s