Os anos passam e todos nós, se não mudamos, temos de nos adaptar à vibração dos anos. Nossos nervos se adaptam às porradas da Vida e, assim, a abordagem que fazemos às curvas do Caminho vai se modificando. Não permitimos que nossa essência se dilua diante dos desafios, mas ela deve continuar seguindo o melhor Caminho, ainda que fluindo como as águas de um rio ou irrompendo como meteoro pelos Céus. O Caminho tem sempre seus pontos altos e baixos, sejam eles acentuados ou suaves.

Quem me acompanha desde o início deste blog talvez se lembre dos motivos de eu ter adotado esse nick, Ebrael. Foi para, ao mesmo tempo, funcionar como “amuleto” e pseudônimo, já que não gostava de assinar minhas poesias e relatos com meu nome de batismo. Paralelamente, o título do site, DIES IRÆ (em lat., “Dia da Ira”), que é o título de uma obra sacra do séc. XIII, funcionou como sinalizador do espírito do que viria a ser escrito aqui.

No entanto, visando acompanhar a evolução natural da Vida e consoante as peças que a mesma me pregou até hoje, acho por bem modificar o nome que está à porta desta “casa” virtual. Esta não perderá seu caráter ácido, inerente ao espírito daquele que dela cuida, mas deixará de lado a impessoalidade aparente para assumir, de uma vez, a personalidade de quem vos fala. A partir de hoje, pois, esta “casa” será do “Portador da Promessa”.

Mas, qual é o motivo por qual é atribuído este título ao site?

Há alguns dias, lembrei-me que, certa vez, fiquei curioso para saber como esse nome — Ebrael Shaddai — aparecia nos tradutores online de português para inglês, por exemplo. Pelo tradutor do Google, nenhuma mudança, como esperado, pois nomes próprios não devem mesmo ser traduzidos. Mas, pelo Bing Translator, sem qualquer razão aparente, o nome Ebrael Shaddai aparece em inglês como “PromiseCarrier“.

Portador da Promessa

Ora, bem sei que esse é um daqueles pequenos sinais que a Vida nos envia para que nos sirvam de indicativos do caminho (necessário) a ser trilhado. Para muitas pessoas, isso parecerá não significar mais do que uma simples coincidência ou maluquice minha. Para mim, no entanto, serve de inspiração em meio a um mundo abarrotado por uma maioria de pessoas que não seguem mais suas intuições.

***

Bem, a palavra “promessa” vem do latim promissio, que é o “ato de enviar algo ou alguém adiante de si”. Uma “promessa” sempre é protagonizada, por sua vez, por um “precursor”, alguém que se apressa em anunciar o que há de vir. No sentido elencado acima, difere de projectio, que também significa o ato de lançar à frente, porém sem a carga emocional da crença, da Fé, da esperança. Quem projeta, o faz com espírito eminentemente prático por algo que já existe como probabilidade real. Quem promete, lança à frente algo que ainda está latente, mas que, com certeza, há de vir.

A palavra “portador”, em inglês, tanto se diz bearer, no sentido de “aquele que segura ou carrega algo consigo”, como também se diz carrier, “aquele que carrega ou transporta algo ou alguém”, mas como uma ideia implícita de movimento. O carrier carrega, mas também suporta algo, o que condiz com a ideia de que aquilo, deveras, está lhe pesando e que é necessário que se leve de um lugar a outro.

A expressão The Promise Carrier lembra-me muito de dois personagens míticos: Prometeu e Caronte. Prometeu era o semideus, filho de Zeus, que teria roubado o fogo da sabedoria dos deuses do Olimpo e o dado aos seres de barro (ou humanos, de humus, “barro ou limo”) que ele havia modelado. Caronte era o chamado “barqueiro” do rio Lete, que fazia a divisão entre o lado de cá (dos vivos) e o Além (a mansão dos mortos). A ele, por ocasião da morte de alguém, oferecia-se duas moedas, que eram colocadas sobre os olhos do defunto, para que ele levasse sua alma, em segurança, até a outra margem do “rio”. Após a travessia, a alma era premiada com o solene esquecimento de sua vida na Terra.

Caronte, o Barqueiro que transportava as almas dos mortos para o Além (mitol. grega).

A “promessa” é essa transformação não apenas de corpos, mas das mentes, algo virtualmente impensável, pois a própria mente sabota a ideia de auto-aniquilação. Portanto, a morte é o fim de toda resistência da mente sobre seu reino temporário, a matéria.

O “Portador da Promessa”, no entanto, não traz a morte, mas o descanso. Sua mensagem principal é de que todos, absolutamente todos, têm sua função no Universo, inclusive aqueles insubmissos à Lei de Deus. No contexto de vida deste que vos fala e assume essa identidade, a partir de hoje, a luta é contra toda resistência que nos priva da verdadeira liberdade, a saber, a liberdade de arcar com as consequências de cada um de nossos pequenos atos e pensamentos, cuidando que o cumprimento da Justiça é o primeiro requisito para adentrarmos, limpos, ao altar do Deus Vivo, Deus Forte, Deus Imortal. El Chai, El Gíbor, El Almothay.

Sim, há Vida além da Vida. Sim, há Força após a Força. Sim, somos todos imortais, não há como fugir desta grave Verdade.

Anúncios

8 comentários em “O Portador da Promessa

  1. Maravilha de texto! Maravilha de mudança!

    “O “Portador da Promessa”, no entanto, não traz a morte, mas o descanso. Sua mensagem principal é de que todos, absolutamente todos, têm sua função no Universo, inclusive aqueles insubmissos à Lei de Deus. No contexto de vida deste que vos fala e assume essa identidade, a partir de hoje, a luta é contra toda resistência que nos priva da verdadeira liberdade, a saber, a liberdade de arcar com as consequências de cada um de nossos pequenos atos e pensamentos, cuidando que o cumprimento da Justiça é o primeiro requisito para adentrarmos, limpos, ao altar do Deus Vivo, Deus Forte, Deus Imortal. El Chai, El Gíbor, El Almothay.

    Sim, há Vida além da Vida. Sim, há Força após a Força. Sim, somos todos imortais, não há como fugir desta grave Verdade.”

    Mano, você me emocionou! Seu salto para o ALTO, daqui pra frente, será gigantesco. E nada e ninguém o embargará, porque entrou na LINHA DA NATUREZA! PARABÉNS! Estarei, com a graça do nosso bondoso DEUS todo poderoso, na platéia aplaudindo sua pessoa. Louvadas sejam todas as Forças Poderosas que o acompanham e que o trouxeram até aqui!
    Minha admiração, meu respeito e meu elevado carinho! Sua Mana, Nágea.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Mana! 😀

      Acho que de todo vulcão saem materiais para pavimentar estradas. Nem tudo nele são impurezas e cinzas.

      Sigo no Caminho, falando enquanto ainda Deus me permite ver a Luz do Sol. Deus te guarde e a nós todos em sua Força!

      Ótimo domingo para você, que já me fez valer o que foi escrito acima. Abração!

      Curtido por 1 pessoa

  2. kkkkkkkkkkkk… Vc é demais mesmo! Gostei, gostei muuuuuitooo mesmo. Sendo que sou uma chata de carteirinha, tipo Pedro de Lara ou Araci de Almeida, tirar um gostei de mim é para poucos.

    O abraço ficou para agora, pois eu sabia que iria voltar kkkkkk…
    Abraço de 20 minutos para fazer efeito, ok?
    A paz de Jesus! 😉

    Curtido por 1 pessoa

    1. Agora sim, comadre. Agora levantaria um caneco de chopp nesse calor em memória de sua santa cidade :D.

      Mas não acho que o Pedro de Lara se pareça com vc, hein. Nada a ver. Mas gostava quando ele contrariava o Sílvio Santos no julgamento daquelas tranqueiras que iam cantar no domingo kkkkk

      A Paz de Cristo nos inunde, querida! Tudo de bom para gente! Abraço com prorrogação e pênaltis pra você! 😎

      Curtido por 1 pessoa

  3. Não segui seu blog desde o início, e quando conheci não entendi muito o antigo nome, acho que por isso gostei mais desse. 😉 Fantástico. Agorinha estou numa folga no trabalho e vim te visitar… 🙂 Não me arrependi. Que blog maravilhoso. 😀 Sucesso!!!

    Curtido por 1 pessoa

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s