Por nós, imaturos e insensíveis


Sim, as mulheres detém o poder máximo de Vida e Morte sobre a Civilização Humana. Podem matar no ventre ou deixar viver, alimentar ou envenenar a prole. Elas podem quase tudo. Isso mesmo, não tudo, mas quase tudo.

Abaixo delas, jaz a miserável casta dos homens, composta de indivíduos, em sua maioria, imaturos e insensíveis. Entre estes, eu me encontro com lugar cativo, ao menos sob o rigoroso critério do olhar feminino. Por estes últimos é que me pronuncio hoje.

A igualdade de direitos entre os sexos trouxe muitos benefícios, tais quais a liberdade de Consciência às mulheres e flexibilidade no desempenho das profissões. Hoje, vemos, sem susto, mulheres guiando ônibus e homens faxinando prédios. O rigor na aplicação da Justiça traz segurança às mulheres contra a violência de homenzinhos psicopatas, além de proporcionar aos homens de verdade a possibilidade de exigir das mães uma pensão para os filhos dos quais eles se incumbem de criar sem elas.

No entanto, a exaltação com que muitas mulheres se referem à sua sensibilidade faz parecer que todos os homens são insensíveis. E mais: aplicam esse julgamento baseadas em sua própria sensibilidade extremada. A forma “ditatorial” com que alegam que os homens as tratam soa, ainda mais, opressiva. A natureza negativa das mulheres sobreexcita suas expectativas, sempre a tentarem moldar os homens ao seu bel prazer.

Homens são diferentes das mulheres, e pronto. Há supermulheres? Sim, há aos montes. Mas os super-homens não são heróis porque satisfazem às expectativas das mulheres, mas por fazerem o que tem de ser feito, de acordo com a sua Consciência e conforme aquilo que aprenderam.

Sempre há uma alma feminina nos impelindo à correção de nossos erros, mas também, frequentemente, enviesando nossas atitudes e direcionando, ditatorialmente, nossos Caminhos. A força física e o caráter ativo do Homem são sempre encarados como instrumentos de dominação e opressão, como se essa nossa natureza fosse usada para justificar nossos erros. Por outro lado, quando a mulher sofre por seus próprios erros, ainda assim somos tachados como brutos e insensíveis por usarmos da mesma medida aplicada, por elas, a nós.

Tais como alguns homens “imaturos”, as mesmas mulheres que reclamam de nossa dupla medida também se valem da ambiguidade para nos chantagearem. Segundo algumas mulheres, se são estúpidas, é porque sofreram alguma agressão prévia; se somos estúpidos, é porque nascemos assim. Se questionamos o que elas nos dizem, não acreditamos nelas; se não questionamos, somos irônicos. Se nos deixamos influenciar, é porque não temos “atitude de macho”; se agimos conforme nossa Consciência, é porque somos intolerantes.

Digam, mulheres, como querem que ajamos nós, os homens! Não que vamos, sempre, dizer “amém” às suas expectativas. Ao menos, quando nos cobrarem uma atitude pró-ativa, saberemos com quem estamos lidando.

Corram atrás, se quiserem, e façam tudo por nós, pois nós, os brutos que não sabem amá-las, já vivemos girando em órbita de vocês desde o princípio do Mundo. Afinal, valorizar seus escravos faz parte do crescimento das senhoras que ainda alegam serem tratadas como escravas pelos homens.

Homens, todos eles, imaturos e insensíveis! Os maduros e sensíveis não passam de lendas e sonhos de consumo feminino.

Anúncios

Um comentário em “Por nós, imaturos e insensíveis

  1. A humanidade, uns mais cedo, outros mais tarde, passarão a SE CONHECER. A Natureza trabalha dia e noite e noite e dia, incansavelmente para isso.
    E quando todos passarem a SE CONHECER, conhecerão o seu ANTES DE SER, originado de um SUPER MUNDO, desconhecido da ciência, da filosofia e das religiões, onde não existem dois sexos, por a ENERGIA SER UMA SÓ, não existindo essa degeneração e deformação de homem e mulher, macho e fêmea; não existindo matéria, essa frequência vibratória densa.
    E não existindo dualidade, não existe dor, somente amor, paz, alegria e felicidade constantes: a ETERNIDADE.
    Abraços elevadamente, Júlio!

    Curtido por 1 pessoa

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s