Bolsonaro e Marco Feliciano são maçons?


Neste fim de noite de domingo, pairei curiosamente sobre uma polêmica dos meios direitistas das mídias sociais: Seriam Jair Bolsonaro e Marco Feliciano dois maçons?

“E daí, se forem?”, pode alguém perguntar. A questão do título desta postagem pode parecer inócua, dada a óbvia liberdade que todo cidadão detém para se associar a quantos grupos deseje. Porém, tendo em mente o fumo revolucionário elitista presente em todos os grandes círculos maçônicos (no passado e no presente), é de preocupar, sim, a proximidade de Marco Feliciano e Jair Bolsonaro das lojas maçônicas.

Este conteúdo mudou

19 comentários em “Bolsonaro e Marco Feliciano são maçons?

  1. A influencia da maconaria na politica e no mundo financeiro é muito forte, podemos ver tanto a nivel micro e (imagino que no macro) tambem seja. Acabou se tornando um grande mercado fechado (a nivel material) e se formos entrar em outros niveis teremos uma noção um tanto quanto obscura.
    Estudei muito o caibalion uns anos atras, é um dos meus top 3 (bhagavad gita 1º tao te ching 2º caibalion 3º)
    Que outros livros/autores de hermetismo você recomenda ?
    Um forte abraço meu irmão!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Rapaz, concordo com você e suas ideias e desejo sucesso! Só não concordo com o seguinte que você falou aí acima: “dada a óbvia liberdade que todo cidadão detém para se associar a quantos grupos deseje”??? Como fica então se alguém quer se associar a grupos Fascistas e Nazistas???????? Esses dois grupos são totalmente proibidos e dão cadeia! Então para mim essa “liberdade de se associar” serve só para Maçons, Democratas e Comunistas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Q proibição está ligada ao uso do nome Nazismo e derivados. No entanto, é de conhecimento público haver partidos políticos na Europa, por exemplo, que usam os termos Nacional e Socialista associados. Não bastasse os nomes, ainda com princípios quase idênticos.

      A apologia ou o debate a respeito de Hitler não é mais proibida. Se for, há tolerância. O que não se pode é fazer legítimo discurso de ódio, incitando, declaradamente, a violência contra pessoas por sua origem étnica.

      Acho benéfico, embora eu mesmo não defenda as doutrinas nazistas. Porém, defendo a necessidade de uma radical revisão histórica dos fatos em torno das Grandes Guerras Mundiais, para o bem da verdade. Contentarmo-nos com os bodes expiatórios apresentados é conduta de ovelhinhas.

      Grato pela resposta!

      Curtido por 1 pessoa

  3. Vejo uma ignorância do autor sobre a maçonaria.
    A maçonaria nunca foi uma organização de caridade e sim de idéias e ações.
    Só para ficar no Brasil a independência e a república do Brasil foram iniciadas em lojas maçónicas.
    O primeiro Grão Mestre do Brasil foi José Bonifácio , também no império os dois.imperadores. Pedro I e II foram maçons, Caxias e Tiradentes também.
    Se falar nos Estados Unidos Thomas Jefferson , Washington e todos signatários da declaração da independência também eram.
    Isso sem falar no clero , nos filósofos ,cientistas, artistas e grandes pensadores foram maçons.
    Só para terminar as sessões são abertas com a abertura. E a leitura e um salmo da Biblia e só termina após o fechamento da mesma.
    Quase 100% dos falados segredos da maçonaria estão na internet.
    Lema da maçonaria amor e respeito à Deus; à Patria e a família.
    Fiquem com Deus

    Curtir

Deixe uma resposta para Katia Cristina Cota Mantovani Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.