Sal da Terra e Luz do Mundo


Numa certa pregação, Jesus teria dito aos seus discípulos e ouvintes que eles são o “sal da Terra” e a “Luz do Mundo” ¹. Devemos tentar entender essas expressões como paralelas e conjugadas. Através da via analógica (como aquela utilizada por Hermes Trismegistos²), sabemos que o Sal e a Luz são, para o Universo, semelhantes ao que são para a Terra; para o homem como o são para a mulher; para o que é pequeno como para o grande. Andiamo!

Deixando, por ora, de abstrair e descendo ao nosso pobre patamar humano, vemos o outro (ou outra), que elegemos para amar, como uma projeção de: a) nós mesmos; b) nossas aspirações mais urgentes; e c) do fim planejado de toda a nossa caminhada. Pois, quando digo que a pessoa é minha, quero significar que meu Mundo e o que eu sou está condensado na visão que tenho dessa pessoa. Sim, não há aí, necessariamente, vil sentimento de posse, mas um desejo de que meu Mundo se expanda e se realize, plenamente, no(a) outro(a).

Como cantava Raul Seixas, em Meu Amigo Pedro, “cada um de nós é um Universo” em expansão e retração constantes. Nossa Alma também respira e vive entre fluxos e refluxos. Quando um Mundo alcança o outro e com este se identifica, há o casamento entre um Rei e uma Rainha. Para que tudo cresça neste casamento, nem sempre nossos princípios bastam para manter a expansão e garantir a colheita de bons frutos. Todas as coisas no Universo crescem em pares, invariavelmente. Isso é Amor, a amizade íntima entre os seres, e ele traz Vida em abundância, mas também conflitos (como as contrações, sempre mais agudas, do parto).

Segundo Paulo de Tarso, “a letra mata, mas o Espírito vivifica”³, o mesmo Espírito cujo Amor arde em nosso peito e renova todas as coisas visíveis e invisíveis. Assim, nossos ferrenhos princípios, que deveriam reger nossa Vida, tornam-se obsoletos (quando não matam e sufocam como espinhos) se lhes falta uma faísca, uma chama, um fogo que é colocado em nosso peito tal qual brasa viva. O Sal da Terra, que é o tempero do equilíbrio, quando não serve mais para equilibrar, é pisado e lançado fora. Quando o sal não dá sentido ao trabalho diário e nossos sofrimentos, dando regras e constância ao nosso caminhar, torna-se algo repugnante.

É necessária, então, a Luz do Mundo, que ilumina e aquece as Almas conjugadas, conferindo-lhes o principal motor da Vida, que é a Vontade, como a do Sol Invictus, invencível e imparável. Nada o detém, nem as leis da Natureza, nem as Trevas. A Luz destrói as correias da Noite fria, dissolve o orgulho pétreo e desata os nós. Nada importa tanto quanto o Caminho sob a Luz do Mundo, nem mesmo nossas vãs projeções egoístas ou qualquer outra expectativa.

Há uma meta suprema. A Luz nasce no Leste e se põe no Oeste. Por vezes, voamos com asas de cera e, tal qual Ícaro, despencamos das nuvens. Escalamos montanhas com pícos gelados, atravessamos bosques perigosos, enfrentamos feras e sorvemos a água das cristalinas fonte. Para quê, mesmo, tudo isso? Respondo-lhe, caro(a) leitor(a), por mim: para não perdermos de vista a Luz do Mundo e a Vontade de viver.

***

NOTAS

¹ Mateus, 5: 13-16.

²O que está acima é como o que está abaixo. O que está dentro é como o que está fora.” (Tábua de Esmeralda, por Hermes Trismegistos).

³ 2ª Carta de Paulo aos Coríntios, 3:6.

Anúncios

4 comentários em “Sal da Terra e Luz do Mundo

  1. Logion 48 e logion 106 de Tomé: Disse Iéshoua: Se duas pessoas fazem a paz na mesma casa, quando dois se tornarem Um, sereis inteiros, dirão a uma montanha: “afasta-te” e assim acontecerá. Logion22 de Tomé:(…) Quando de dois fizerdes Um, e quando fizerdes o interior como o exterior, o exterior como o interior, o alto como o baixo, e tornardes o masculino e o feminino um Ùnico movimento, nem macho nem fêmea, quando tiverdes olhos em vossos olhos, mão em vossa mão, pé em vosso é, o ícone da luz que existia antes de vós e a imagem manifestada no princípio (conforme logion 84) não terá mais medo nem provará a morte pois viverá do Vivente (cf logion 111), e o sinal do espírito em vós será o princípio e o fim, o repouso e o movimento (cf logion 50).

    Curtido por 1 pessoa

  2. boa tarde pos jesus disse aus seus diciplos que eles sao o sal qui salgara a terra e a luz que iluminara toda terra ..isso signica quando a sua conduta e boa voce fica como uma educasao todos por voce vao aprender e bverao o caminho da salvacao ai comeras a eranca da terra ,e ele disse bem aventurados aquele mal falados em meu nome porque sera deles o reino dos ceus assim diz a escritura de MATEUS 5,verciculo 1-16

    Curtido por 1 pessoa

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s