(Em latim, secundum opera tua.)

***

De todo prato pedido,

Ao Anfitrião,

A primeira porção.

De todo plano urdido,

Ao Mentor,

O prêmio ou a dor.

Por cada vida salva,

Afaga-lhe os olhos

A Estrela D’Alva

À foice da Morte

E à Mulher calva,

Brada o Amor,

O Amor, que é mais Forte.

Publicado por Júlio [Ebrael]

Brazilian. Amateur poet. Conservative and Gnostic Christian. // Brasileiro. Poeta amador. Conservador e cristão de visão gnóstica. //

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: