Nota: Banimento perpétuo do Facebook


Após ter excluído meu perfil pessoal antigo no Facebook, há mais de um mês, por motivos particulares, tentei retornar a esta rede social. Por três vezes, tentei fazer um novo perfil pessoal. Segui, sem pestanejar, as famosas “Regras da Comunidade”. Mesmo assim, após ter sido extorquido e forçado a enviar fotos exclusivas de rosto e de meu documento de identidade (R. G.), tive tais contas, uma após a outra, desativadas sem receber qualquer explicação, nem por e-mail, nem por telefone.

WhatsApp Image 2018-05-18 at 12.12.30Assim sendo, aviso aos meus amigos e leitores que, por certo, devo ter sido banido perpetuamente do Facebook. Poderão me questionar sobre alguma possível atividade “suspeita” ou “ilegal” de minha parte. Digo-lhes que meu perfil antigo tinha mais de oito anos, sem nenhuma denúncia contra mim.

Os perfis recém-criados (um após o outro) seguiam todos os padrões aceitos: fotos de perfil verdadeiras, nome verdadeiro (conforme consta no documento de identidade), data de nascimento verdadeira, enfim, informações confiáveis. Duas ou três postagens, sem emissão de opinião, amigos adicionados por sugestão do Facebook, já conhecidos.

Dentre as possíveis causas para esta situação, cito duas:

  • perseguição pessoal, através de denúncia falsa do perfil;
  • censura prévia do conteúdo deste site, quando declarado nas informações do perfil.

O Facebook, desde há muito tempo:

  • cerceia a liberdade de expressão de todos os seus usuários;
  • mantém uma postura invasiva, ao usar fotos, informações pessoais, coletar dados dos computadores e celulares dos usuários;
  • bane perfis e páginas que não se coadunam com a ideologia de sua cúpula;
  • tratamento desrespeitoso para com as demandas e recursos enviados ao seu time de censores.

Na hipótese de, além de tudo, meu banimento tiver sido provocado por uma alma pobre e sem escrúpulos, estou certo de que:

  • o Universo dará ao dedo podre o devido destino;
  • recebem as almas invejosas, e sem ter o que mais fazer da Vida, o devido cálice amargo;
  • seguirei com meu quase anônimo ofício, a saber, o de expressar um pensamento livre, em meio às aberrações atuais;
  • não me faltam amigos, embora raros, porém valiosos.

Por fim, venho, encarecidamente, pedir aos leitores que, tendo em vista minha impossibilidade de divulgar os conteúdos exclusivos deste site naquela rede social, que visitem o Arquivo do blog e compartilhem os materiais que desejarem com seus amigos e contatos.

Adicionalmente, deixo abaixo uma lista das postagens e páginas mais visitadas, de grande interesse do público e utilidade para todos:

Um comentário sobre “Nota: Banimento perpétuo do Facebook

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.