Sobre a Maturidade


Alma nua e sem palavras vãs, sem armaduras de desculpas, sem explicações para o avião que voa e para a lágrima que, travessa, atravessa o vale do rosto marcado pelos acidentes de percurso.

Esplendor


Para a Anima Matris Terræ Meæ (Alma da minha Terra-Mãe).

***