A mim, que sou católico, tem-me doído muito o martírio sofrido por cerca de 100 mil pessoas que morrem anualmente em virtude de sua confissão cristã, especialmente em países de maioria muçulmana. Mas, a quem interessa o conflito entre cristãos e muçulmanos ao redor do Mundo?

Não tecerei aqui um comentário muito extenso a respeito desses conflitos religiosos, dado que cada um deve empreender sua própria pesquisa. Porém, após assistir, pelas redes sociais, tantas barbaridades perpetradas por muçulmanos radicais em todo o Oriente Médio, na Europa e, mais recentemente, no Sri Lanka, devo me perguntar acerca de quem se beneficiaria desse estado de coisas.

Essas ondas de imigração para a Europa, provenientes de países do Oriente Médio e da África, provavelmente não privilegiam apenas as agendas comunista (de destruição cultural do Ocidente) e jihadista (colonização cultural do mesmo Ocidente pela imposição da Sharia). Se há uma religião que, apesar de atacada, não é a principal atingida pelos muçulmanos em sua sanha de cortar cabeças de infiéis, essa religião é a judaica. 

Sob a égide da elite sionista mundial, a mútua aniquilação entre os goyim cristãos e muçulmanos deve deixar os fiéis ao judaísmo, praticamente, no controle da Europa e do Oriente Médio para a implantação da Nova Ordem Mundial, sob comando do Anticristo, o messias judeu.

20180819_1109491361300047

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.