Tempo e Silêncio


Somos plenos quando encontrados pelo Tempo, em sua plenitude. Ou seja, quando vemos que algo acontece em seu próprio tempo, então ficamos felizes. A ficha cai, sabe? Mas, ainda que eu esteja ciente de que Deus é Silêncio, e que é no Silêncio que o Eterno age, é impossível me calar e não vir te falar o que vou falar.

Sei que foi o Eterno que me permitiu duvidar d’Ele para chegar a reconhecê-lo de todo o Coração. Sim, eu precisava disso. Sim, desde o sonho com a âncora e a frase em língua sagrada que foram vistos subir das águas, até os lenços em chamas que pairavam sobre o chão, eu precisava estar longe, muito longe, pois meu tikun deveria passar por muitas etapas. Eis que estou de volta para fazer esse relato e dizer que não me esqueci.

Não me esqueci da noite em que o Eterno me acordou com um trovão e uma chuva em meio ao Sol nascente, exibindo um lindo arco-íris. Mais uma vez, ele fazia uma aliança comigo. Depois dessa noite em que clamei ao seu Nome por um sinal, me afastei mais uma vez e, ainda mais, fui procurar todas as formas de negá-lo. Para quê? Enfim, entendi (e alegre fiquei, então) aquilo que Paulo Mendes Campos falava em uma de suas crônicas: Quanto mais fugimos de Deus, mais nos acercamos d’Ele.

Um balanço vazio, um cheiro de chuva que não se vai, um registro que, por aí, faz constar que eu não esqueci d’Ele, nem de coisa alguma do Tempo em que ele me encontrou em sonho. Ele me fez voltar. No Tempo e no Silêncio, eu espero o cumprimento da Promessa.

No balanço vazio, estes são seus primeiros versículos:

Clamei de todo o meu Coração; escuta-me, Senhor, e guardarei os teus estatutos.(…)

Para sempre, ó Senhor, a tua palavra permanece no céu. (…)

Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.

(Pesquise na fonte abaixo!)

(Salmo 119, vers. 145, 89 e 105)

Receba minhas atualizações

Informe, no campo abaixo, seu endereço de e-mail, clique em “Assinar” e confirme a assinatura no link que chegará à sua Caixa de Entrada. Pronto! Você passará a ser avisado, por e-mail, sempre que novas postagens forem publicadas.

Por Júlio [Ebrael]

Blogger, amateur writter, father of one. Originally Catholic, always Gnostic. Upwards to the Light, yet unclean. // Port.: Blogueiro, poeta amador, pai. Católico, casado. A caminho da Luz, mas sujo de lama.

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.