Plantar é preciso


O rosto sério preserva um coração esperançoso. Palavras duras protegem os pés inexperientes. A mão firme segura, controla, corrige, mas também busca salvar a si e aos que ama do furacão no Mar do Tempo.

Dá com a energia de quem toma. Toma para guardar e tornar a dar em dobro. Dá, três vezes mais, e de graça, o norte de um caminho mais seguro a quem não tinha habilidade de plantar.

Planta com a alegria de quem colhe, e colhe com o desapego de quem sabe que outros comerão os frutos e – Deus queira! – se fartarão com eles.

Comam e bebam os que tiverem tempo, aqueles cujas mãos sejam gratas ao receberem o bastão de Deus.


Texto postado, originalmente, no perfil pessoal do Autor no Facebook.

Por Júlio [Ebrael]

Blogger, amateur writter, father of one. Originally Catholic, always Gnostic. Upwards to the Light, yet unclean. // Port.: Blogueiro, poeta amador, pai. Católico, casado. A caminho da Luz, mas sujo de lama.

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: