General Mourão na Maçonaria


Minha nota, hoje, será curta, e um resumo dela pode ser lido no perfil que uso no Facebook.

Continuar lendo General Mourão na Maçonaria

Achados e Perdidos


Os mares amam as garrafas com bilhetes e seus pedidos de socorro. Estes, por sua vez, são sinais de que há alguém, ainda vivo, esperando ser resgatado por aquela que os lerá. O ideal romântico traz, quase sempre, esse afã de redenção e apoteose, quase uma abdução por um ente alienígena, porém doce e pacífico.

Continuar lendo Achados e Perdidos

A Casa e o Caminho


Nos últimos trinta dias, uma das coisas que eu mais ouvi é que não tem jeito, não. Realmente, após caminhar, chorar, sorrir, gostar e desgostar, iludir-se e desiludir-se tanto, e cada vez mais rapidamente, percebemos que nossa Casa é onde o Coração vibra e repousa, e que o Caminho de nossas Vidas é composto de destinos jamais definidos com precisão.

Continuar lendo A Casa e o Caminho

De Sacro Officio (Sagrada Arte)


Daqueles que chamam o deus deste Mundo de Tributo, aprendemos que a Vida na Terra é um grande Mercado de trocas. Trocas de socos e beijos; comércio de valores e quinquilharias inúteis; intercâmbio de sensações.

Acaso, haveria algo de sagrado em meio a essa barganha diária entre os animais humanos e seus míticos criadores imaginários? Que há de superior na religião nutrida por nossos Corações?

Continuar lendo De Sacro Officio (Sagrada Arte)

Brincadeira sem graça


Há uma coisa que os que nasceram depois de nós, dez ou vinte anos, não compreendem, e que costumam chamar de velhice, de caretice ou pessimismo. Cheguei a essa ‘coisa’ faz tempo, e resumo esse estado em uma frase: ‘Já vi esse filme antes’.

Continuar lendo Brincadeira sem graça