Ayrton Senna do Brasil!


Aquela fatalidade na curva Tamborello, no circuito de Ímola (Itália), em 01/05/1994, não apenas foi algo inesperado e triste. Foi causa de imensa perplexidade e comoção de toda a população brasileira. Podemos constatar também o imenso afeto que Ayrton Senna despertava em todos.

O acidente fatídico que vitimou Ayrton Senna e ceifou sua vida parecia, revisto centenas de vezes nos noticiários daquele dia, algo impensável. Ninguém, até aquele momento, se dava conta do lado heroico de Senna. Talvez porque, no Brasil, os heróis sejam realmente raros, mais que em qualquer outro lugar do Mundo. Só depois que as pessoas deixaram de ver, aos domingos, aquele brasileiro com real orgulho de ser brasileiro, a sacudir a bandeira de seu país, é que as pessoas perceberam o quanto ele faria falta.

Continuar lendo “Ayrton Senna do Brasil!”

Enéas Carneiro e a Verdade, doa a quem doer!


[Assistam ao vídeo ao fim da postagem! Vale a pena!]

Enéas Ferreira Carneiro – cardiologista e político brasileiro, nasceu a 5 de novembro de 1938 em Rio Branco (AC), falecendo a 6 de maio de 2007 na cidade do Rio de Janeiro (RJ), vítima de leucemia mieloide aguda. Fundou o agora extinto Partido da Reedificação da Ordem Nacional (PRONA). Candidatou-se por três vezes à Presidência da República (1989, 1994 e 1998), uma vez à prefeitura de São Paulo (SP), sendo, finalmente, eleito para o cargo de Deputado Federal por São Paulo em 2002, com a maior votação até então, aproximadamente 1,57 milhão de votos.

Enéas Carneiro (1938-2007), cardiologista e político brasilero.
Enéas Carneiro (1938-2007), cardiologista e político brasileiro. (Foto: Antônio Cruz)

“Uma coisa é a greve como direito inalienável do trabalhador (…). Outra coisa, bem diferente, é viver disso, fazer da greve uma profissão de fé e não ter feito nada mais, além disso, na vida”. [1]

Apesar de seu jeito caricato de se expressar em público, o que o tornou famoso e ridicularizado pela maioria do povo, ele era franco e tinha um conhecimento profundo da realidade brasileira. Não precisou se alçar por um dedo perdido em uma máquina ou passar fome em caminhões de pau-de-arara para falar à nação. Trabalhou até o dia de sua morte, ao invés de se “encostar” no INSS aos 29 anos de idade (como fez o chefe da Quadrilha Petralha, Lula-Molusco).

Continuar lendo “Enéas Carneiro e a Verdade, doa a quem doer!”

Loucos e Santos (Oscar Wilde)


Oscar Wilde (1854 - 1900)

Loucos e Santos

Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam … Continuar lendo “Loucos e Santos (Oscar Wilde)”

Hitler teria sobrevivido à Segunda Guerra?


Adolf Hitler, idealizador do Nazismo.

Nas minhas andanças pelos portais de notícias, cada vez mais raras por conta da falta de tempo (e da proliferação de notícias negativas e lixo midiático), por esses dias li um interessante artigo num grande site bem conhecido (vide link nas fontes) que falava sobre o lançamento de um livro por um escritor argentino.

O livro trata de algumas teorias que alegam ter Hitler sobrevivido à capitulação de Berlim, em 1945, ao fim da 2ª Guerra Mundial. Conta como, com a ajuda de setores dos próprios aliados, Hitler teria, acompanhado de uma reduzida comitiva de refugiados do III Reich, fugido da Alemanha, tomando como direção a vizinha Argentina.

Não seria novidade para quem estudou História Contemporânea do séc. XX que a Argentina era o pilar forte do nazismo na América, juntamnete com outros governos de menor importância, tendo sido apoiado, inclusive, pelo regime do presidente Perón. Mas não custa lembrar, não é mesmo?

Fico pensando: recentemente, nas últimas décadas, presenciamos os EUA financiando os terroristas fundamentalistas do Talebã, no afã de combater os soviéticos, tendo como frente o Afeganistão. Depois, derrubaram o mesmo Talebã, como se fosse um fantoche, e perseguem, até hoje, um tal Osama Bin Laden, que parece ter sido premiado com o desaparecimento. Daí, me lembro que os famigerados nazistas foram também financiados pelos EUA para fazer frente aos comunistas, que já se preparavam, com Stálin, para avançar sobre a Europa. De pintor fracassado e morto de fome, transformaram Adolf Hitler num líder mundial. Ele serviu, enquanto pôde, aos interesses anti-comunistas das potências ocidentais, mas… Logo foi tirado de cena, por já ter cumprido seu papel. Foi premiado com a vida eterna.

Será que fomos todos enganados durante todo esse tempo?? Será que milhões de vidas, ceifadas por todos esses anos, serviram apenas para resguardar a Liberdade nos moldes americanos, ou seja num jogo global Capitalismo X Comunismo?? Não serão todos esses fatos apenas peças de um grande jogo, de um Teatro macabro, em que somos apenas palhaços, espectadores e números manipulados??

Decidi não transcrever nenhum trecho da reportagem, aqui, no blog, pois a mesma é deveras extensa. Deixo a vocês o link. Sigam, leiam atentamente e tirem suas próprias conclusões.

Fonte: http://noticias.br.msn.com/artigo.aspx?cp-documentid=25197747&page=0

*******