Pelo direito de questionar


Pelos números apresentados pelo TSE, nunca tivemos, na história recente do Brasil, pleito eleitoral majoritário tão apertado. Tendo isto em vista, não seria natural, em uma democracia, que metade dos eleitores conteste o resultado das eleições em condições tão atípicas, em ambiente tão polarizado?

É pena, não raiva


Eu não tenho raiva do povo brasileiro, eu tenho pena. Sem um pingo de soberba é que digo isso. É pena dessa massa e consciência de que esse povão é infantilizado, mentalmente subdesenvolvido.

Celestina, a futura República ao Sul do Brasil


Em 1992, um novo movimento independentista foi criado, a exemplos de dezenas de outros pelo mundo a fora. No Brasil, é um dos que pleiteiam a secessão de partes do território brasileiro para a formação de novos países. Se, pela letra da Constituição, tais proposições são ilegais, há fartos motivos para pensar que, ao contrário, são mais legítimos do que parecem.

Nesta postagem, proponho, ao movimento Sul é o meu País, alternativas que poderiam ajudar a dar forma consistente ao país nascente e inspirar mais respeito pelo ideal aos olhos da mídia e dos políticos.

Santander, bancos digitais e seus fãs


Talvez, o apego emocional a tudo que seja novidade no Mercado não seja exclusividade do brasileiro. Me causa horror que norte-americanos passem dias em filas para comprar aquela nova versão do IPhone ou que brasileiros invadam lojas, como zebus enlouquecidos, em manhãs de liquidação.

%d blogueiros gostam disto: