Categorias
Crônicas

Nós não amamos!


(Postagem republicada a partir do site Astro Errante.)


Hoje, enquanto eu meditava sobre as oposições em Cartas Natais, encontrei uma pergunta interessante (em um grupo do Facebook) que me fez pensar a fundo acerca de nossa condição humana. Concluí (e adianto, de propósito) que são as mais duras provações interiores que nos permitem evoluir como seres atrasados que somos.

Categorias
Crônicas Memórias

Sobre o que é importante


Há muito tempo que deixei de me importar com a maior parte das datas comemorativas, tais como a do meu aniversário, Natal, Ano Novo, etc., exceto com as que ressoam diariamente em minha Vida. Ao contrário do que nos sugere o termo inglês date (encontro), para mim datas não são compromissos, mas indicadores de quanto algo nos marca, sobre o que nos importa verdadeiramente.

Categorias
Brasil Crônicas Política

É pena, não raiva


Eu não tenho raiva do povo brasileiro, eu tenho pena. Sem um pingo de soberba é que digo isso. É pena dessa massa e consciência de que esse povão é infantilizado, mentalmente subdesenvolvido.

Categorias
Crônicas

Cidades, pomares e seres humanos


Nesta segunda-feira, encontrei material para uma boa reflexão, postado, de forma restrita, pela amiga Cida Vaz, do Facebook. De uma outra postagem de um site português, ela pergunta: E se as cidades se transformassem em pomares urbanos?