Lúcifer


Muitos terão chegado a essa postagem e a descartarão, de antemão. Alguns, por falta de interesse ou preconceito; outros, por medo subsconsciente. Lembram de quando nos metiam medo, na adolescência, dizendo que a menina poderia engravidar através de um simples beijo na boca? Pois então, assim foi com o nome Lúcifer.

Mas, afinal, quem (ou o que) é Lúcifer? Será o rei dos diabos? Um anjo, uma força, um símbolo, um planeta? Vejamos abaixo.

Continue Lendo “Lúcifer”

A Realidade está dentro de sua Mente


Se as “coisas” são o que (e como) são, por que as pessoas as veem de forma diferente? O que faz com que as pessoas tenham crenças diferentes acerca da Realidade e do Universo? Essas são algumas das perguntas às quais tentaremos responder. Vamos lá!

Continue Lendo “A Realidade está dentro de sua Mente”

Considerações sobre o Karma


Mesmo tendo uma alma com raízes católicas, nunca me desliguei totalmente das reflexões sobre a Justiça e as Leis Universais que regem a Criação. No que toca, especificamente, à humanidade, escrevi recentemente sobre as tais Penas Eternas. Agora, me volto a pensar sobre as “penas pagas em prestações”, as quais são relacionadas ao que se chama Karma.

Continue Lendo “Considerações sobre o Karma”

Em busca da Sublime Via


O Buscador da Verdade, em suas investigações, não raro, encontra-se imerso nas dúvidas que o assaltam tão logo ele perceba quão distante pode se achar a Fé Ideal dos atos reais dos seres humanos. De um lado, os ares de fábula do que dizem acerca de Cristo e de Maria, exaltado pela Igreja oficial; de outro, a marcante presença do mesmo Cristo Real, chegando a ser até mesmo atraente ao mais feroz dos céticos.

Andiamo!

Continue Lendo “Em busca da Sublime Via”

Outra vez, deixo o Mundo…


Buscando não perder o contato com meus amigos cristãos, trago à Luz, hoje, nova controvérsia dos Evangelhos para análise de todos. Obviamente, para alguns, tal controvérsia não é tão “nova” assim. Para outros tantos, é um tanto amarga e indigesta, tendo em vista seu apego ao ensino oficial estabelecido, do qual não conseguem se desatar nem por um milímetro, com receio de cair em “mortal heresia”.

Enfim, vamos aos trabalhos!

Continue Lendo “Outra vez, deixo o Mundo…”