Contradição e Autonomia


A contradição nas palavras proferidas pelas pessoas em seus discursos, hoje em dia, daria um filme, no mínimo, engraçado. Demonstra, mais do que hipocrisia ou má fé, uma ignorância digna de pena. Pessoas conseguem defender valores totalmente incompatíveis entre si em um curto espaço de tempo. A ignorância anula a maioria das ideologias como vazias de sentido e como reflexos distorcidos dos processos naturais que ocorrem ao nosso redor.

Continuar lendo “Contradição e Autonomia”

Tragédia com a Chapecoense e oportunismo político


A seguir, um vídeo com comentários meus acerca dessa triste página do esporte mundial, o acidente com o avião da Lamia que matou 71 pessoas nas montanhas da Colômbia e fez desaparecer o melhor time catarinense de todos os tempos, da Associação Chapecoense de Futebol.

Também falo sobre o conceito de heroísmo à luz do espírito de gado da atual espécie humana, enquanto comento o oportunismo da casta suína de Brasília, que se aproveitou, de forma repugnante, da tragédia para fazer passar leis totalmente imorais sob o debochado título de “pacote de medidas anti-corrupção”.

Continuar lendo “Tragédia com a Chapecoense e oportunismo político”

Guerra na Síria, Rússia vs. EUA e Terceira Guerra Mundial


Abaixo, segue um vídeo produzido a partir de um áudio gravado por mim no dia 19 de outubro de 2016, em que discorro acerca da Guerra na Síria e os desdobramentos de possíveis confrontos armados dos EUA, OTAN e gangues terroristas (Estado Islâmico, Al-Qaeda e Frente Al-Nusra) contra a Síria e a Rússia (bem como, possivelmente, contra a China, Irã e o grupo Hezbollah, do Líbano).

Continuar lendo “Guerra na Síria, Rússia vs. EUA e Terceira Guerra Mundial”

EUA vs. Rússia e a lógica do Porco Feliz


O Ocidente não apenas está sem homens preparados para uma eventual Guerra Mundial, como também está num estado de histeria coletiva de dar dó. Conduzidos pelos EUA, os ocidentais perderam a noção de valor, honra, definição de papéis e a saúde mental.

A tecnologia imbecilizou nossos jovens e perverteu os adultos, fazendo-os esquecer que, para sobreviverem, é preciso que estejam preparados. Preparar-se, nesse caso, implica auferir uma educação que esclareça, ao invés de relativizar a realidade. O porco, então, precisa fazer com que todos se sintam felizes na lama sem que saibam que estão sujos.

Vejamos o que segue:

Continuar lendo “EUA vs. Rússia e a lógica do Porco Feliz”