Ao olhar para o Alto


Há quanto tempo não escrevo para ti, não é mesmo? Digam o que quiserem, meu Senhor, a teu respeito. Ainda assim, eu sempre estarei olhando para o Alto à procura da Luz inspiradora de teu Rosto, exatamente como o faço agora. Acaso, és um mito rebuscado de lendas semíticas? És tal herói simbólico da raça … Continue lendo Ao olhar para o Alto

Sal da Terra e Luz do Mundo


Numa certa pregação, Jesus teria dito aos seus discípulos e ouvintes que eles são o "sal da Terra" e a "Luz do Mundo" ¹. Devemos tentar entender essas expressões como paralelas e conjugadas. Através da via analógica (como aquela utilizada por Hermes Trismegistos²), sabemos que o Sal e a Luz são, para o Universo, semelhantes … Continue lendo Sal da Terra e Luz do Mundo

Crepúsculo da Água e do Fogo


És como um um lago, a cujas águas não posso resistir. Afundo, então, perplexo, sem que quaisquer de meus espasmos, em meio ao volume de teus soluços, consigam se fazer ouvir. Choro sob tua superfície. Lamento em vão, já que és, tu própria, um lamento invencível. Teus gritos ecoam em ondas, reverberam violentamente. As lágrimas … Continue lendo Crepúsculo da Água e do Fogo

Castelos de areia


As imagens não são permanentes. Elas são como vapores trabalhados pela mente. Porém, essa noção é desconcertante. Estamos aqui, encarnados no Mundo, buscando edificar imagens permanentes (projeções) para descobrir, enfim, que elas se desfazem. No mínimo, poderíamos dizer que são frágeis como dentes-de-leão. O vento favorece sua formação, dá-lhe o toque delicado e, enfim, sacrifica … Continue lendo Castelos de areia

Sobre a superioridade do Amor


"O Amor liberta", dizem algumas pessoas. Mas, o que isso quer dizer, e por que teria o Amor, esse misterioso pacto entre almas, a faculdade de nos libertar da cegueira? Como alcançar a Luz desse Amor, como soberano pôster na entrada da Caverna? Esse mundo é fundado em experiências tridimensionais e materiais. A matéria é vegetativa, … Continue lendo Sobre a superioridade do Amor