Sobre o nome ‘Ebrael’

Há alguns anos, eu publiquei um pequeno documento acerca do nome ‘Ebrael’, adotado por mim também como instrumento de proteção espiritual, além de simples pseudônimo literário. No entanto, entre a publicação daquele documento e os dias atuais, me dei conta de outras nuances que trouxeram luz sobre minha busca.

Naquele tempo, eu disse que o nome Ebrael (עבראל, em caracteres hebraicos) foi escolhido por mim ao juntar a raiz עבר (éver, que denota movimento e distingue o povo עברי, hebreu ) ao nome divino אל (El). Eu estava nos estágios iniciais de meus estudos de Kabbalah, precisamente durante a leitura do Sépher Ha-Zôhar (Livro do Esplendor), comentada por Samuel L. MacGregor Mathers (co-fundador da Ordem Hermética da Aurora Dourada, mais conhecida como Golden Dawn).

Eu sempre guardei profunda devoção pelo ser indicado como Arcanjo Mikhael (מיכאל) , conhecido e venerado como São Miguel pelos católicos e cristãos ortodoxos. Não imaginava eu, no entanto, que estranha ligação havia entre os nomes Ebrael e Mikhael. Isso mesmo! Eu não percebia qualquer ligação entre ambos. Apenas evoquei a força marciana (corregente de Escorpião, meu arquétipo Natal) para escolher bem meu nome místico. Qual surpresa a minha quando percebi, anos depois, que, em Ebrael, não prevalece a energia marciana, mas a solar!

Após muitos anos desde a publicação do primeiro documento sobre tal nome, voltei a ler alguns artigos sobre Guematria e estudar os valores numéricos atribuídos às letras hebraicas. Resolvi-me, então, a rever as “contas” relacionadas aos nomes citados. Eis, a seguir, o que encontrei.

(O quadro com os valores numéricos das letras hebraicas pode ser encontrado aqui.)

  • Ebrael, עבראל, tem valor numérico total 303 (reduzido, 6).
  • Mikhael, מיכאל, tem valor numérico total 101 (reduzido, 2).

Ou seja, Ebrael é Mikhael três vezes!

Amuleto a partir do nome Ebrael
Amuleto cunhado a partir do nome ‘Ebrael’ (Mikhael três vezes).

Decompondo Ebrael, temos que עבר soma 272, reduzido 2, e אל, que soma 31, reduzido 4 (2+4=6); Mikhael, temos que מיכ soma 70, reduzido 7, e אל, que soma 31, reduzido 4 (7+4=11 >> 1+1=2).

Transpondo os valores reduzidos à Etz Chaiyim, temos que o valor reduzido (6) de Ebrael é solar, vibrando na esfera de Tiphereth, regida por Mikhael. Só que, regendo Tiphereth, Mikhael é um nome cujo valor reduzido (2) nos conduz a Chokhmah – a Sabedoria.

***

Os valores do antigo pseudônimo completo do Autor, Ebrael Shaddai (עבראל שדי), soma 303 com mais 314, o que resulta em 617 (reduzido 14 >> 1+4=5). Neste contexto, tal nome composto evoca a energia marciana da Guerra e do Rigor. A partir de certo momento de minha Vida, tornou-se conveniente a supressão do segundo elemento, Shaddai, por inspirar certa instabilidade.

Se levarmos em conta as analogias bíblicas:

  • Dos 318 homens convocados por Ló para ajudar Abraão a vencer o rei de Sedom, faltam 4 aos 314 de Shaddai (שדי);
  • Para os 613 preceitos da Torah, sobram 4 aos 617 de Ebrael Shaddai.
  • Aos 303 de Ebrael, faltam 15 (1+5=6) para alcançar a ajuda dos 318 homens que venceram Sedom (Sodoma, símbolo dos vícios e da blasfêmia).
  • A energia do número seis (6) vibra na esfera de Tiphereth, tradicionalmente associada ao Sol, ao Cristo sacrificado e redentor, ao Coração do Homem e da Natureza.

Por isso, então, é que, intuitivamente, escolhi o nome Ebrael como distintivo místico e a Via Cardíaca do Martinismo como senda evolutiva.

***

Ainda sobre o número 6

Há, ainda, algumas considerações a serem feitas. Por exemplo, segundo a ciência cabalística, os kameas são os quadrados mágicos resultantes de matrizes construídos a partir de números. Sua utilidade mágica e numerológica é imensa.

Em nosso caso, a soma de todos os elementos de uma matriz n x n, sem repetição de elementos e com soma idêntica entre todas as linhas (chamada, por isso, de quadrado mágico), com n = 6 (o reduzido de Ebrael), resulta em… 666.

Apliquemos a fórmula de cálculo (citada aqui) para o número planetário (S, soma total dos elementos) da matriz 6 x 6:

S = [(n + n³) / 2] . n

S = [(6 + 6³) / 2] . 6
S = [222 / 2] . 6 = 111 . 6 = 666
Kamea do número 6 (Sol).

Sim, mas o que quer dizer o Apocalipse quando afirma que 666, a soma dos elementos da energia solar, é o número de um homem? Não é necessário ir muito longe para acharmos, na própria Bíblia, o número 666 como significando o de uma religião institucional baseada num culto luminoso (ou iluminista, que pretenda levar-nos a um tal verdadeiro deus).