A contaminação fanática


O Fanatismo está, no senso comum, ligado às ideologias religiosas, na maioria das ocorrências em que é mencionado publicamente. Mas, será mesmo que a Religião é a origem do Fanatismo? Se sim, então, poderíamos dizer, acaso, que o fim do Fanatismo passa pela extinção das Religiões? Vejamos adiante.

Continue lendo “A contaminação fanática”

Finalmente, sobre Charlie Hebdo e os atentados em Paris


É óbvio que abomino qualquer resposta violenta como as do terrorismo islâmico (embora eu ache que tudo não tenha passado de false flag do Mossad com a CIA). É evidente que lamento pelas famílias em luto (isso se são famílias de fato, se conhecem o luto). Claro é que fico consternado pela insegurança pela qual vive a Europa, imaginando que estamos a um oceano de distância, há algumas horas de aviões e mísseis nucleares, a ameaçarem nossas cabeças.

Continue lendo “Finalmente, sobre Charlie Hebdo e os atentados em Paris”

Livraria católica, onde?


Para quem não é católico, talvez esta postagem pouco lhe importe ou, no máximo, sirva de mera informação para consumo volátil. A maioria dos leitores mal chegará ao fim deste primeiro parágrafo, tendo em vista o título que vai direto ao ponto. Porém, ainda que poucos, os católicos focados na tempestade mundial que se abate sobre a Tradição Católica saberão guardar o que vou mostrar abaixo.

Continue lendo “Livraria católica, onde?”

ATEA: Ateus e agnósticos ultrajam católicos


Em colaboração com um amigo do Facebook que me marcou em uma de suas postagens, venho hoje ao blog para denunciar mais uma das já não surpreendentes agressões laicistas de setores ateus e neoateus, protegidos por organizações anticatólicas, contra símbolos da Igreja e a pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo. Trata-se de integrantes mentalmente desnutridos, sem vergonha na cara, de uma página de ateus, a ATEA.

Militam em nome de um laicismo estatal, mas esquecem que o Laicismo não equivale ao Ateísmo, mas à neutralidade do Estado em relação às opções de crença ou não-crença dos cidadãos. Mais: ainda que o Ateísmo não possa ser enquadrado como um credo, nem mesmo antirreligioso, ele nasceu (com o Positivismo iluminista, de inspiração maçônica) de uma relação de oposição às crenças teístas. Portanto, antes de mais nada, ateus e agnósticos precisam ser honestos consigo mesmos e admitirem que o Ateísmo tem sim relação com as religiões. Como veremos abaixo, eles mantém um posicionamento agressivo em relação a elas e incitador de ódio anticristão, já conhecido como Cristofobia.

Continue lendo “ATEA: Ateus e agnósticos ultrajam católicos”