Categorias
Citações Crônicas Reflexões Sem categoria Vídeos

Sobre a necessidade e o risco da Paz


Assistindo, ontem, a um vídeo amador, com trecho de uma palestra de Leandro Karnal, me peguei tecendo algumas críticas à fala citada, embora a mesma tivesse fundamentos. E, foi justamente por ser fundamentada que, então, merece uma crítica minha, uma reflexão.

Categorias
Crônicas

À Hora Morta


Não! Não é estar sozinho o mais desagradável em certos momentos de nossas Vidas. Estar sozinho é uma constante, depois que caem os véus da ilusão dessa tal utopia comunitária humana. O mais desagradável é procurar e não achar quem a gente mais queria, no fundo, que estivesse um pouco mais próximo enquanto o tempo corre cada vez mais faminto sobre nossas carcaças.

Categorias
Atualidades Brasil Comportamento Conspirações Gayzismo Igreja Católica Internacional Política Posts com Vídeos Psicologia

As incorreções dos termos politicamente corretos


Antes de começarmos a tratar dos objetivos propriamente ditos desta postagem, é preciso que repassemos alguns conceitos. Afinal, do que tratam os pressupostos politicamente corretos? Eles são, realmente, corretos, ou apenas tentam remodelar, arbitrariamente (e muito), os valores considerados corretos pelo senso comum?

Basicamente (e segundo a lenda), ser politicamente correto significa tratar a todos como iguais. Iguais perante a Lei, com os mesmos direitos e deveres. Ponto. A partir do momento em que tratamos a todos, segundo o establishment, como iguais, devemos tornar comportamentos particulares, massificados pela mídia e pelo Estado ideologizado, como imperativos, sendo todos arrastados por uma coação onipresente.

Categorias
Bizarro Brasil Citações Comportamento Conscientização Conspirações Fatos e Flatos Gayzismo História Igreja Católica Internacional Política Religiao Revoltante

O que é o Gayzismo?


Liberdade de expressão apenas para os Gayzistas!

Obviamente, um artigo que trate do Gayzismo, essa vertente do Movimento Revolucionário, precisaria também abordar aspectos secundários, tamanha é a gama de assuntos correlatos. No entanto, tendo em vista a escassez de publicações genéricas acerca do assunto, resolvi elaborar, via estrutura de tópicos, um artigo esclarecedor e o mais possível abrangente.

Entretanto, devo agradecer a todos os escritores e blogueiros honestos que, via de regra, escreveram de forma particularizada sobre o Gayzismo acerca de suas mais variadas formas de manifestação. Literalmente, mãos à Obra!

***