Parábola da Avó Cega


Isso não nos é contado pelos evangelistas politicamente corretos dos tempos de Chessus. Porém, eu vou lhes revelar a parábola, contada pelo Mestre, para ilustrar o desastre inenarrável que seria o país das bananas de exportação (vulgo, Brasil). Qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência. Chessus nos garantiu que não há nada de oculto que não venha a ser revelado.

Continue Lendo “Parábola da Avó Cega”

O destino final de um besouro rola-bosta


Vou contar-lhes uma estória que me surgiu à mente, hoje, tendo como inspiração o Molusco que agora se arrasta pelos gramados altos de Brasília. Curiosamente, o personagem desta fábula não é aquele animal com nove tentáculos malemolentes, mas um besouro rola-bosta, aquele que deposita sua prole no meio do cocô fresco.

Continue Lendo “O destino final de um besouro rola-bosta”

Quando acaba, o maluco sou eu!


Vivemos numa sociedade. Isso nos faz supor que as impressões captadas e tidas como verdadeiras por outras pessoas, assim como as captadas por nós mesmos, afetam nossos paradigmas. Se nossos semelhantes começam a crer em coisas que, evidentemente, contradizem a Lógica, há a tendência de absorvermos o estresse dessas contradições.

Continue Lendo “Quando acaba, o maluco sou eu!”

Em mais um episódio infame, áudio expõe PT, Congresso e STF


Em uma gravação de áudio feita por Bernardo Cerveró, filho de Nestor Cerveró,  Delcídio Amaral (senador do PT/MS) tenta negociar influência de ministros do STF para melar novas operações e investigações. A seguir, um resumo e o áudio, na íntegra, da gravação.

Continue Lendo “Em mais um episódio infame, áudio expõe PT, Congresso e STF”