Equação de Política Avançada de Einstein

Equação da Política Avançada de Einstein.

Para descomplicar a Teoria da Economia Política, vigente na República Federativa de Banânia (Brasil), Einstein não demorou mais do que um minuto:

Equação da Política Avançada de Einstein.
Equação da Política Avançada de Einstein.

São todos iguais perante a Lei?


Chegamos a um tal nível de indignidade e escassez de vergonha na cara que não sei se o fedor da merda toda é devido ao aumento de toda a sacanagem generalizada ou se é a nossa Consciência é que, finalmente, terá despertado.

Leiam o que postei abaixo. Conteúdo foi recebido por e-mail.

 

Fonte da imagem: http://rosivaldotoscano.blogspot.com

Punição só pra quem é pobre e justo. É o que mais vejo no país em que nasci: Brasil. Eis a Justiça Brasileira!!! Eis o porquê da expressão: ‘deixar o cachorro passar e implicar com a pulga’.

Isso foi exibido em todos os telejornais noturnos na quinta feira:

Paulo, 28 anos, casado com Sônia, grávida de 4 meses. Ele,  desempregado há dois meses, sem ter o que comer em casa, foi ao rio Piratuba (SP), a 5 km de sua casa, pescar para ter uma ‘misturinha’ com o arroz e feijão, pescou 900 gramas de lambari, e sem saber que era proibido a pesca, foi detido por dois dias, levou umas porradas. Um amigo pagou a fiança de R$ 280,00 para liberá-lo e terá que pagar ainda uma multa ao IBAMA de R$ 724,00. A sua mulher Sônia, então grávida de 4 meses, sem saber o que aconteceu com o marido que supostamente sumiu, ficou nervosa e passou mal, foi para o hospital e teve aborto espontâneo. Ao sair da detenção, Ailton recebe a noticia de que sua esposa estava no hospital e perdeu seu filho, pelos míseros peixes que ficaram apodrecendo no lixo da delegacia.

Quem poderá devolver o filho de Sônia e Paulo? Henri Philippe Reichstul, de origem estrangeira, Presidente da PETROBRAS, responsável pelo derramamento de 1 milhão e 300 mil litros de óleo na Baía da Guanabara, matando milhares de peixes e pássaros marinhos, responsável, também, pelo derramamento de cerca de 4 milhões de litros de óleo no rio Iguaçu, destruindo a flora e fauna,bem como comprometendo o abastecimento de água em várias cidades da região. Crime contra a natureza, inafiançável. Encontra-se em liberdade. Pode ser visto jantando nos melhores restaurantes do Rio e de Brasília. Esta é uma campanha em favor da VERGONHA NA CARA. Eu já divulguei, e você? Faça sua parte, não demora nada.

 

Eleições 2010 e Eventos Psicodélicos


Ainda há muitos patriotas (os quais eu respeito) que nos exortam a não “jogar nosso voto no lixo”, assinalando NULO. Mas, como não enlouquecer, ficar instável, quando nos deparamos com tantos eventos burlescos na Politicalha Nacional? Há um certo entorpecimento mental, um relaxamento moral, às vezes forçoso, que nos chega pelos meios de comunicação, e originada pela agressividade dos agentes que deveriam (e muitas vezes são, no mal sentido) exemplos para a sociedade.

Almejar uma saúde mental nacional, uma vida de paz nas ruas, sendo que não conseguimos parar o estardalhaço que a perplexidade nos causa são ideais quase que unânimes hoje em dia. Não sei se isso (a doideira coletiva) é intencional, por desejo das elites, ou natural mesmo, tendo em vista os eventos psicodélicos que vivemos todos os dias. A Martha Suplicy falava pra gente relaxar e gozar. Isso seria um paliativo para as dores sociais por que passa a Mãe Gentil?


Se o estupro é iminente…relaxe e goze!

Se o salário mínimo só dá pra comprar comida…relaxe e engula!

Se os ladrões criaram esse país, e o controlam…relaxe e pague o imposto (por existir)!

Se o voto é obrigatório…relaxe e vote (nulo ou não)!

Se a educação é um porcaria…relaxe e estude a coxa da vizinha!

Se a bala que nos mata é perdida…relaxe e ache uma granada!

Se o Tiririca não sabe ler, e se eleger…relaxe – a maioria também não sabe –, e aprenda a ler melhor!

Se quem você elegeu rir de você, e te chamar de pé-rapado…relaxe, vire as costas, e mande uma banana pra ele (pra ele enfiar em si mesmo, onde quiser).


alt


Realmente, depois de mensalões, mensalinhos, dólares na cueca, assassinatos, espionagem, boate virando igreja e igreja virando boate (sábio Zeca Baleiro) e toda a fauna de espécies de corruptídeos infestando nosso país, posso dizer que parece o fim do mundo. Vamos sentar e assistir ao glorioso fim dessa palhaçada chamada democracia. Até a Esperança está de malas prontas para o Universo Paralelo. O Amor é artigo supérfluo e a tinta de cabelo é de primeira necessidade. A caridade não se mostra, pois quem deve abrir os olhos, ou dorme de preguiça ,ou coça-os, fingindo não ser consigo.

A honestidade é demodê, a virtude é do vidro de carro mais fumê e a candidata guerrilheira é dejavù. Cansei de tentar entender o que se passa no Brasil. É uma sequência tão irracional de coisas surreais, perpassando nossas retinas diariamente, que não consigo mais filtrar o que vale a pena ver e lembrar. A capacidade de discernimento e individuação perdem-se com tanta hipnose coletiva. Somos tão apertados, e de tal forma oprimidos, contra os acontecimentos que nos assombram que quase nos vemos como um gado, simples gado, com destino certo: a servidão e a aniquilação.

Sintomas de medo são esses do último parágrafo. Nos indicarão barbitúricos ou aquela cerveja barata, com som pseudo-pop e leitura de caderno de esportes.

Isso tudo é inacreditável!! E o senhor, doutor?!? Acredita?