Conselheiros tutelares, em sua maioria, não passam de lacaios de bandidos!


Antigamente, os conselheiros tutelares faziam um serviço digno de apoio a pessoas desamparadas e eram como pontes entre o Poder Público e os cidadãos carentes, principalmente as crianças vítimas de violência doméstica. O tempo passou e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que nos foi “presenteado” pelas entidades estrangeiras de “direitos humanos”, e os conselheiros tutelares começaram a inverter os papeis: as vítimas de antes se tornaram os bandidos de hoje, pois retiraram, junto com a violência dos pais brutos, a autonomia dos pais quando da educação dos filhos.

Hoje, as crianças e adolescentes, quando repreendidos pelos pais, já saem logo a vituperá-los: “Vem, se me chamar de novo de vadio, te denuncio e vais para a cadeia!”. Se um mini-assassino mata um pai-de-família ou violenta uma mãe diante de toda a família, feita refém, ele vai de punhos livres para a delegacia, debocha dos policiais e sai no dia seguinte por ser menor de idade, quando deveria ir para uma entidade de reeducação (que nunca reedeuca).

Continue lendo “Conselheiros tutelares, em sua maioria, não passam de lacaios de bandidos!”

DIES IRÆ - Cinegrafista da Band morto por rojão lançado por um Black Bloc

A Esquerda, os “Black Blocs” e o apoio ao crime


De tantos episódios lamentáveis que vêm ocorrendo desde o início das tais manifestações populares pelo Brasil afora, em 2013, podemos citar dois fatos recentes, perpetrados por terroristas mascarados que se infiltraram em protestos pacíficos. (Se bem que boa parte dos protestos que se dizem pacíficos são organizados atualmente por sindicatos e “movimentos sociais”, reincidentemente envolvidos em vandalismos.)

Ei-los:

  • Fato 1: Protesto contra a realização da Copa do Mundo de 2014, em SP, termina com Fusca, com uma família dentro, incendiado por “black blocs” (25/01/2014);
  • Fato 2: Cinegrafista da Band (Santiago Andrade, 49), atingido na cabeça por rojão lançado por um “black bloc” em 6 de fevereiro de 2014 durante manifestação no Rio, morre no dia 10 de fevereiro.

(Fontes das notícias no rodapé da postagem.)

***

.

Algumas palavras sobre a Esquerda brasileira

Bem, o que falar mais? Os fatos, por si só, já exprimem a essência das intenções dos organismos internacionais em relação ao Brasil. Mais à frente, falarei sobre isso.

Continue lendo “A Esquerda, os “Black Blocs” e o apoio ao crime”