Despopulação é a grande obsessão da ONU atualmente


 Reduzir a população mundial a níveis mínimos é um dos grandes objetivos das políticas de “saúde”, “educação” e de “direitos humanos” hoje em carga através da ONU, governos em conluio com esta, organismos nacionais, supranacionais, fundações, bancos privados, empresas farmacêuticas e mídia global-sionista. Vários são os pretextos fajutos que são usados para levar a cabo essas medidas, e são inúmeras as formas com que lidam com o assunto. Por vezes, com voz suave da insídia melodramática em favor das “pobres” abortistas feministas, ou então através de discurso ameaçador e chantagista de alguns de seus próceres.

Para os “defensores dos Direitos Humanos”, muitos são os motivos para advogarem o “planejamento familiar” por via das esterilizações em massa e do aborto sistemático: ora dizem que a população crescente levará o sistema energético e a provisão de recursos naturais a um colapso, ora que são crianças e adultos em demasia a passar fome, ou então que os países não são mais capazes de alocar e organizar espaços para novas cidades e que as mesmas, em todo o Mundo, irão explodir. Sobre esses e outros itens, voltaremos a falar mais abaixo.

Que tal começarmos por saber quando surgiram as primeiras teorias sobre a suposta necessidade de diminuição da população mundial (também conhecida como despopulação, ou depopulation em inglês)?

Continuar lendo “Despopulação é a grande obsessão da ONU atualmente”

Codex e Nutricídio – a Morte pela boca


Abaixo, seguem três (de quatro) vídeos legendados e traduzidos sobre o Codex Alimentarius. Bem, eu queria ter a honra de traduzir os vídeos originais, mas depois que encontrei esse três abaixo, resolvi ceder os louros deste trabalho valoroso e sucumbi à preguiça. Então, apenas incorporei os mesmos vídeos para que todos se conscientizem que tudo (tudo mesmo!) que comemos está envenenado.

O vídeo trata de uma palestra com a Dra. Rima Laibow, que fala a respeito da presença de substâncias químicas, presentes em todos os alimentos, como forma de reduzir, homeopaticamente, a população mundial, por meio de envenenamento e intoxicação,. Estas substâncias levam ao aparecimento das mais variadas doenças. Não excluem-se, desse rol de substâncias nocivas, as vacinas e os remédios, se estendendo até aos componentes de brinquedos.

Codex Alimentarius: um projeto da OMS e da FAO.
Codex Alimentarius: um projeto da OMS e da FAO.

Quem tiver maiores dúvidas a respeito do conteúdo, pode acessar o site da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), e procurar o menu correspondente às diretrizes sanitárias para os alimentos em geral, e verificar como são tratados  antes de chegar à sua mesa: http://goo.gl/BeH6f (resultado da pesquisa sobre a expressão “Codex Alimentarius”).

Relacionado a esse assunto, leiam meu post anterior a respeito, clicando aqui!

***

CODEX & NUTRICÍDIO

com

Dra. Rima Laibow

Natural Solutions Foundation

(Fundação para Soluções Naturais)