Crianças de rua podem estar sendo assassinadas por causa da Copa (#NãoVaiTerCopa)


Isto é o que denunciou recentemente um jornalista independente dinamarquês, Mikkel Jensen, em uma postagem pública em seu perfil no Facebook. Ele estava desde 2013 no Brasil, preparando-se para cobrir alguns jogos da Copa do Mundo (2014), em Fortaleza.

Mais especificamente, ele cita que, investigando, percebeu que um grande número de crianças de rua estavam desaparecendo sem deixar notícias. Sabemos bem que crianças de rua, quando recolhidas a albergues e educandários, não costumam lá permanecer por muito tempo, retornando à vida das ruas. No entanto, elas já não apareciam mais, e há muito tempo.