Da Palavra de Deus sobre a apostasia na Igreja


Não custa lembrar. Aliás, é dever de todo católico “denunciar as obras infrutíferas das Trevas” (Ef 5, 11). Para os católicos, cujas mentes são como tapetes cheios de sujeiras escondidas, negociatas com a Verdade, poço de omissões e agenda de transgressões diárias, deixo abaixo uma coletânea de versículos bíblicos (também do original da Vulgata, em latim e itálico) para que reflitam e se perguntem: “Estou ou não estou no rol dos apóstatas?”.

Continue lendo “Da Palavra de Deus sobre a apostasia na Igreja”

As incorreções dos termos politicamente corretos


Antes de começarmos a tratar dos objetivos propriamente ditos desta postagem, é preciso que repassemos alguns conceitos. Afinal, do que tratam os pressupostos politicamente corretos? Eles são, realmente, corretos, ou apenas tentam remodelar, arbitrariamente (e muito), os valores considerados corretos pelo senso comum?

Basicamente (e segundo a lenda), ser politicamente correto significa tratar a todos como iguais. Iguais perante a Lei, com os mesmos direitos e deveres. Ponto. A partir do momento em que tratamos a todos, segundo o establishment, como iguais, devemos tornar comportamentos particulares, massificados pela mídia e pelo Estado ideologizado, como imperativos, sendo todos arrastados por uma coação onipresente.

Continue lendo “As incorreções dos termos politicamente corretos”

Marxismo: repulsa pela homossexualidade e instrumentalização


Aos gays que militam em hordas marxistas, é bom que vejam se o cartaz abaixo não contém alguma contradição. Seria interessante que lessem o que os ídolos desses partidos de Esquerda falavam e escreveram a respeito dos homossexuais. É realmente deplorável a forma como os homossexuais estão se deixando manipular e instrumentalizar por essas corjas de vagabundos da Esquerda, fazendo o seu jogo de conflito contra os conservadores.

Marx, Engels e os gaysObviamente, como veremos nas referências abaixo, o que vemos é que estão todos os gays sendo utilizados como massa de manobra política no enfrentamento comunista ao Cristianismo. O motivo é simples: a Família nuclear, com seus herdeiros e seu sistema de valores, é a base da propriedade privada, inclusive dos gays. Com a desestruturação da Família natural, as propriedades perdem sua proteção contra um Estado totalitário e confiscador. Os gays não percebem que, tão logo os comunistas detenham o poder sobre a Economia e o controle social, qualquer voz dissonante, inclusive a deles, será calada à força. Hoje em dia, mesmo com as posições cristãs contrárias ao seu estilo de vida, eles têm seus direitos já reafirmados na Constituição Federal.

Porém, continuar exigindo direitos de exceção, seguindo uma práxis totalitária marxista contra os outros estratos da sociedade, só enfraquecerá a própria sociedade e a escancarará para que se faça aqui o que se faz na Venezuela e em todos os países que adotam modelos de Esquerda: censura, violência por parte do Estado, concentração de renda nas mãos de burocratas e mafiosos, bem como o extenso empobrecimento de toda a população, perda do direito à auto-defesa com desarmamento, etc.

Ainda sentirão saudade da Igreja, que só vedava a celebração de uniões entre gays da porta da Igreja para dentro. Apoiando Fidel Castro, verão que Cuba era o paraíso dos “homofóbicos”, com direito a paredón de fuzilamento e campos de concentração também reservados para homossexuais.

Abaixo, cito excertos de um artigo na Wikipedia, intitulado Socialismo e Direitos Gays:

Continue lendo “Marxismo: repulsa pela homossexualidade e instrumentalização”

O que a ONU e o PT planejam para nossas crianças?


Nesta postagem, veremos quais os padrões que os parlamentares da União Europeia estipularam para a “Educação Sexual de Crianças e Adolescentes”. Não fosse já chocante ler os mesmos documentos, é ainda mais estarrecedor que os padrões neles contidos sejam avalizados pelo UNICEF e pela UNESCO.

E o que isso significa? Significa que os governos que votarem a favor desses padrões deverão implementá-los em seus países. Ou seja: sabendo que o PT advoga uma forte presença do Estado na educação das crianças, podemos esperar que o que leremos abaixo será, em breve, outorgado às escolas públicas brasileiras.

Dados os seguintes documentos:

Continue lendo “O que a ONU e o PT planejam para nossas crianças?”