Pequenas igrejas, estranhos negócios


A diferença de tom entre as heresias protestantes é tão gritante que é digno de pena o fato de haver mais de 33 mil seitas “evangélicas” mundo afora que reivindicam a “unção” do Espírito Santo sobre si mesmas. Ora, ou existe um “espírito santo” para cada uma delas ou são vários espíritos-de-porco atuando nesse meio lucrativo e excrementício. Bem, poderíamos dizer: ah, até o Brasil tem o seu Espírito Santo! É aquele [estado] que fica entre o Rio, Bahia e Minas Gerais. Enfim… 😦

Na Igreja Católica, há abusos litúrgicos, hereges, apostasia e crimes? Com certeza, mas são seus membros falhos que cometem erros daqueles tipos, não a Igreja. Isso tudo sem falar dos agentes infiltrados pelos comunistas e maçons para subverter a doutrina e a moral dentro da mesma Igreja, expondo-a a escândalos que eles mesmos semeiam.

A Igreja é única, e a unção do [único] Espírito Santo está sobre a Sé de Pedro. Mesmo em meio aos vagalhões do mar revolto dos séculos, o mesmo Espírito Santo atesta — confirma, mesmo — que a Promessa de Cristo (de que “as Portas do Inferno não prevalecerão sobre ela”) repousa mesmo sobre a Igreja [Católica]. Se nem a Maçonaria conseguiu destruí-la ao longo dos séculos, é porque ela é divina mesmo!

No entanto, abaixo, podemos ver aonde a heresia, enquanto Crime contra a Fé, pode levar os seres humanos que se rebelam contra a sã doutrina. Não satisfeitos em andar conforme seus delírios, se afastando da Santa Igreja (Católica, Apostólica e Romana), arrastam multidões para a condenação e, ainda por cima, extraem-lhe o que lhes resta de sua dignidade. São pequenas, mas estranhas “igrejas”!