E a Virgem deu à Luz um Filho??


Enquanto assistia aos debates numa comunidade do Orkut, fiquei interessado sobre o assunto tratado e fui pesquisar. O debate era sobre o dogma católico da Imaculada Concepção de Maria. Como tenho um programa que apresenta as Sagradas Escrituras nas mais importantes línguas, fui atrás do assunto para comprovar, ou não, o que se dizia na dita comunidade do Orkut.

A principal passagem bíblica sobre a qual a Igreja Católica se apoia para sustentar seu dogma da Imaculada Concepção de Maria está no Livro do profeta Isaías, cap. 7, versículo 14. Fiz a captura da imagem em que abro, sucessivamente, o trecho como está no original em hebraico, conservado cuidadosamente pelos judeus, na Bíblia na versão dos Setenta (ou Septuaginta), a primeira e principal versão da Bíblia nos primórdios da Era Cristã, e numa versão evangélica da mesma Bíblia (não diferindo, no dito trecho, de versões cristãs atuais), a Almeida Revista.

Concluo, com certeza quase absoluta que, ou houve um grave erro de tradução, ou uma adulteração (alteração com fins escusos) do mesmo trecho. Como foi a Igreja Católica quem se apoiou sobre tais “erros” para forjar suas doutrinas, presumo que, ou foi a seu mando que tais “erros” sucederam, ou ela se beneficiou ilicitamente deles. Será que não aconteceram as duas coisas??

Clique na imagem para ampliá-la e leia os comentários:

Cliquem na imagem ou salvem-na, para ampliá-la e visualizá-la melhor!!
Erro de tradução?? Será??