Apocalipse tupiniquim


O Brasil está perdido. O povo está perdido por ser desprezado e mal instruído. O Circo foi bem montado, a plateia se divertiu entre pipocas e gororobas ao longo desses últimos dois séculos. De repente, parece que a fumaça dos ilusionistas está a provocar um incêndio no Circo. Será o Apocalipse deste regime fraudulento, chamado República?

Continue Lendo “Apocalipse tupiniquim”

Impeachment de Dilma é, sim, juridicamente cabível


Para muito além das discussões ideológicas entre as irmãs gêmeas, Nova Direita e Esquerda burguesa (aquela que “sofreu em Paris”), e da análise da agenda política para o Brasil para os próximos anos (a qual é óbvia, vender o Brasil a preço de banana), devemos ponderar a legitimidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Eu já ponderei e reproduzirei abaixo alguns argumentos e motivações.

Continue Lendo “Impeachment de Dilma é, sim, juridicamente cabível”

TCU some com documento que pode acarretar o impeachment de Dilma


Dilma Rousseff está enrascada. Seu séquito sanguessuga chupou até a alma da Petrobrás, BNDES e demais órgãos públicos, de forma alucinada, até não poder mais. As proezas de sua gangue foram descobertas? Não, foram denunciadas, provavelmente porque um (ou mais) de seus sócios ficou insatisfeito com algum acerto milionário “insuficiente”.

Estamos assistindo, então, a uma corrida doida para salvar o que já está morto – o governo da confusa e mandioqueira Dilma Roussef. A mais recente cartada nesse intuito foi o sumiço dado, debaixo das barbas dos ministros do TCU (Tribunal de Contas da União), a um parecer técnico que expunha todas as “pedaladas” fiscais (omissões e maquiagens contábeis) dos últimos anos do governo Dilma. Obviamente, o ministro responsável pelo processo instaurado no TCU, Augusto Nardes, está em silêncio.

Continue Lendo “TCU some com documento que pode acarretar o impeachment de Dilma”

Dilma, a Casa caiu!


Sem muito palavrório, quero deixar registrado o orgulho que senti ao ver, a despeito de quaisquer consequências, o teor genuíno e a pujança das manifestações deste dia 15 de março, em rejeição à presidente Dilma e à sua panaceia socialista de merda.

Sem pão com mortadela, com Consciência e sem preços, sob sol e/ou chuva. De carro, a pé ou via metrô. Na praia ou na cidade. Foram milhões em um só dia, a uma só voz, a exigir a renúncia de Dilma Rousseff e a extinção do PT e de outras quadrilhas similares.

Continue Lendo “Dilma, a Casa caiu!”