Por trás dos conflitos entre cristãos e muçulmanos


A mim, que sou católico, tem-me doído muito o martírio sofrido por cerca de 100 mil pessoas que morrem anualmente em virtude de sua confissão cristã, especialmente em países de maioria muçulmana. Mas, a quem interessa o conflito entre cristãos e muçulmanos ao redor do Mundo?

Olavo de Carvalho: fundador de uma seita fanática


Para quem não sabe, eu já fui seguidor do pseudo-guru e astrólogo fracassado Olavo de Carvalho. Inclusive, já citei várias de suas falas oportunistas aqui, nesse espaço. Não apaguei nem uma citação dele, sequer, por pura honestidade e vergonha na cara (características ignoradas por aquele sujeito). No entanto, é constrangedor admitir que já dei ouvidos ao Olavo.

Porém, como as pessoas tendem a evoluir intelectualmente (e moralmente, também), eu consegui enxergar, munido de alguma lucidez que me restava, o perfil maquiavélico e cínico do esmoler da Virgínia. Esta postagem é direcionada a você, que já se sentiu enganado(a) pelo falso vidente Olavo ou que, desgraçadamente, ainda o segue.

Quando acaba, o maluco sou eu!


Vivemos numa sociedade. Isso nos faz supor que as impressões captadas e tidas como verdadeiras por outras pessoas, assim como as captadas por nós mesmos, afetam nossos paradigmas. Se nossos semelhantes começam a crer em coisas que, evidentemente, contradizem a Lógica, há a tendência de absorvermos o estresse dessas contradições.

Terrorismo Islâmico já conta com apoio no Brasil


No título desta matéria, eu poderia ter escrito “Terrorismo Islâmico ameaça o Mundo civilizado“. Mas, na atual conjuntura, as sociedade humanas, que tentavam subir em alguns centímetros acima da lama da burrice, agora se deixam levar pela mídia e por governos que têm por objetivo aniquilar a todos, de uma só vez. Assim, renunciam à civilidade por um lado, cedendo aos vícios, e se recusam, ferozmente, a acordar em defesa de sua sobrevivência.

E o que os terroristas muçulmanos têm a ver com isso? E o que nós brasileiros temos a ver com isso? Bem, se lembrarmos que Dilma Rousseff já se levantou em defesa desses mesmos terroristas, pregando tolerância para os intolerantes, saberemos o perigo que corremos hoje.