Somos finitos


Sem rodeios, respondi a alguns questionamentos de um amigo sobre os motivos de estarmos nós, humanos, neste mundo, a passar por todo tipo de sofrimento e vergonha. Acaso, viemos a passeio? Se não pedimos para nascer, pedimos para vir passear na Terra?

De volta à Caverna


Sabemos que nossa vocação é sair da Caverna, vencer o medo e contemplar a Luz por meio da qual nada fica oculto. Acaso, será por alguma debilidade de nossa espécie que falhamos na busca pela Luz, ou por confundirmos medo com apego (à escuridão da Caverna)?

Teórico da Conspiração, eu?


Há pessoas cujas mentes não se satisfazem com a preguiça costumeira, mas precisam, e ainda mais, repetir os clichês disparados na mídia contra aqueles que buscam, sinceramente, alertar as pessoas sobre o que ocorre no mundo ao redor delas enquanto elas assistem BBBosta.

Dizem que precisamos estudar mais sobre tal assunto (como se BBBosta fosse educativo). Arrotam títulos acadêmicos, mas envergonham suas ex-professoras do ensino primário ao soltar alguma pérola no Twitter. Enfim, acabamos nós, os divergentes, que não assistem a Rede Globo ou que não caem na balela de que os EUA combatem o Terrorismo, sendo tachados de “teóricos da Conspiração”.