Categorias
Crônicas Filosofia

Vida, mentira institucional?


Nunca me considerei adepto do existencialismo, mas já me perguntei, por diversas vezes, os motivos que justificariam estarmos aqui. Para quê? De que serve, à evolução humana, todo esse processo de sofrimentos?

Categorias
Blogosfera Comportamento Conspirações Ensaios Política

Olavo de Carvalho: fundador de uma seita fanática


Para quem não sabe, eu já fui seguidor do pseudo-guru e astrólogo fracassado Olavo de Carvalho. Inclusive, já citei várias de suas falas oportunistas aqui, nesse espaço. Não apaguei nem uma citação dele, sequer, por pura honestidade e vergonha na cara (características ignoradas por aquele sujeito). No entanto, é constrangedor admitir que já dei ouvidos ao Olavo.

Porém, como as pessoas tendem a evoluir intelectualmente (e moralmente, também), eu consegui enxergar, munido de alguma lucidez que me restava, o perfil maquiavélico e cínico do esmoler da Virgínia. Esta postagem é direcionada a você, que já se sentiu enganado(a) pelo falso vidente Olavo ou que, desgraçadamente, ainda o segue.

Categorias
Autoconhecimento Crônicas Fatos e Flatos Internet Pérolas Reflexões Saúde

Razão Social: Verdade Ltda.


De longe, quando vemos o que as pessoas fazem e dizem, pensamos conhecê-las melhor que elas mesmas. Triunfalmente, mandamos recados criptografados, disfarçados de mensagens bem-intencionadas, pretendendo alfinetar e mostrar que, finalmente, temos a chance de ouro de confrontá-las com aquilo que elas negariam até para Deus (se realmente se lembram d’Ele em certas horas).

Categorias
Autoconhecimento Comportamento Crônicas Ensaios Psicologia Reflexões

Hipocrisia, incoerência e cinismo


É comum, no discurso politicamente correto da atualidade, a acusação contra certas pessoas por hipocrisia. Se alguém age como amigo dos pobres, mas vive na riqueza, é porque não passa de um hipócrita. Se diz aos filhos para não fumarem, mas continua fumando, é outro hipócrita, falso. Faz o que digo, não o que eu faço.

Mas, como venho alertando às pessoas do meu convívio, o povão, mal sai da classe de alfabetização, já se acha na condição de formar opinião sobre tudo e todos. E, não temendo envergonhar ancestrais e seus professores (os mais antigos), saem por aí a arrotar inflamados discursos pseudo-moralistas aos quatro ventos. Isso é hipocrisia? Não, isso é falta de boa educação e imprudência!