Por trás dos conflitos entre cristãos e muçulmanos


A mim, que sou católico, tem-me doído muito o martírio sofrido por cerca de 100 mil pessoas que morrem anualmente em virtude de sua confissão cristã, especialmente em países de maioria muçulmana. Mas, a quem interessa o conflito entre cristãos e muçulmanos ao redor do Mundo?

Continue Lendo “Por trás dos conflitos entre cristãos e muçulmanos”

Por quê me tornei liberal


Para aqueles que me acompanham há algum tempo, pode soar surpreendente eu declarar adesão ao Liberalismo. Porém, como me considero conservador (mas, como é ser conservador?), a despeito de minha disposição em denunciar a Nova Ordem Mundial, é quase inevitável optar pelo liberalismo em face da defesa da liberdade do indivíduo (ao menos, na teoria).

A seguir, explico as razões que me levaram a adotar uma postura liberal, na economia, enquanto mantenho o conservadorismo como bandeira social.

Continue Lendo “Por quê me tornei liberal”

General Mourão na Maçonaria


Como a maioria dos que me conhecem deve saber, eu não sou, nem um pouco, simpatizante da Maçonaria. E, saber que o General Hamilton Mourão, candidato a vice-presidente da República, é ilustre membro da Maçonaria não foi surpresa, não muito tempo depois que foi dado a conhecer que o Cap. Jair Messias Bolsonaro andava pelas Lojas e Orientes do Brasil, se arreganhando diante dos Veneráveis e “irmãos”, a pedir apoio, jurar fidelidade (e não se sabe lá mais o quê).

Continue Lendo “General Mourão na Maçonaria”

Medidas para reforçar a privacidade digital


Até há pouco tempo, era suportável enquanto os gigantes da internet (estrutura militar de espionagem criada pelos Estados Unidos) se esforçavam em disfarçar suas invasões sobre nossa privacidade.

Agora, que nem isso fazem, admitindo publicamente que seus funcionários leem nossas correspondências, é hora, ao menos, de nos levantarmos com algum tipo de resposta e condenação.

Continue Lendo “Medidas para reforçar a privacidade digital”

Nota: Banimento perpétuo do Facebook


Após ter excluído meu perfil pessoal antigo no Facebook, há mais de um mês, por motivos particulares, tentei retornar a esta rede social. Por três vezes, tentei fazer um novo perfil pessoal. Segui, sem pestanejar, as famosas “Regras da Comunidade”. Mesmo assim, após ter sido extorquido e forçado a enviar fotos exclusivas de rosto e de meu documento de identidade (R. G.), tive tais contas, uma após a outra, desativadas sem receber qualquer explicação, nem por e-mail, nem por telefone.

Continue Lendo “Nota: Banimento perpétuo do Facebook”