“Planned Parenthood”, ou Infanticídio Planejado


Apesar de eu já ter me pronunciado, definitiva e exaustivamente, sobre o aborto, penso ser útil reavivar a memória dos leitores, bem como dos visitantes que aqui chegam em busca de informações, acerca da grave crise de valores pela qual passa a humanidade atualmente. Hoje, vou falar sobre a organização criminosa, especializada em retalhar bebês, conhecida como Planned Parenthood.

Continuar lendo ““Planned Parenthood”, ou Infanticídio Planejado”

O que é o Feminismo? (Sou machista, graças a Deus!)


Uma das coisas mais simples de se fazer, hoje em dia, quando você quer encher o saco de alguém ou acabar com uma boa reunião de família, é pegar um adjetivo qualquer e atrelar a ele o sufixo -ismo. Você quer dar uma de intelectual de pijama? Comece por dar asas ao seu intelectualismo. Numa dessas aventuras, alguns retardados, entediados que estavam com suas matinês revolucionárias, resolveram inovar. Criaram os termos MachismoFeminismoSexismo. Vejamos!

Continuar lendo “O que é o Feminismo? (Sou machista, graças a Deus!)”

Despopulação é a grande obsessão da ONU atualmente


 Reduzir a população mundial a níveis mínimos é um dos grandes objetivos das políticas de “saúde”, “educação” e de “direitos humanos” hoje em carga através da ONU, governos em conluio com esta, organismos nacionais, supranacionais, fundações, bancos privados, empresas farmacêuticas e mídia global-sionista. Vários são os pretextos fajutos que são usados para levar a cabo essas medidas, e são inúmeras as formas com que lidam com o assunto. Por vezes, com voz suave da insídia melodramática em favor das “pobres” abortistas feministas, ou então através de discurso ameaçador e chantagista de alguns de seus próceres.

Para os “defensores dos Direitos Humanos”, muitos são os motivos para advogarem o “planejamento familiar” por via das esterilizações em massa e do aborto sistemático: ora dizem que a população crescente levará o sistema energético e a provisão de recursos naturais a um colapso, ora que são crianças e adultos em demasia a passar fome, ou então que os países não são mais capazes de alocar e organizar espaços para novas cidades e que as mesmas, em todo o Mundo, irão explodir. Sobre esses e outros itens, voltaremos a falar mais abaixo.

Que tal começarmos por saber quando surgiram as primeiras teorias sobre a suposta necessidade de diminuição da população mundial (também conhecida como despopulação, ou depopulation em inglês)?

Continuar lendo “Despopulação é a grande obsessão da ONU atualmente”

Bélgica deve legalizar a eutanásia de crianças

Bélgica prepara-se para legalizar eutanásia de crianças


Sim, a Bélgica, tão pioneira no que há de pior nos costumes, prepara-se para aprovar, na próxima quinta-feira, 13, a possibilidade legal de os pais outorgarem a eutanásia a crianças (sim, de decretarem sua morte “piedosa”), de 12 anos de idade em diante, com doenças incuráveis e/ou terminais.

Há quem tente justificar esse ato como sinal de “caridade”, até mesmo cristã (pasmem!), para com a criança em sofrimento. Mas, quem de nós já há visto alguma criança a pedir para morrer, mesmo em situações tão pungentes e sob sofrimentos atrozes?

Não são elas, justamente as crianças, os repositórios de Esperança por um mundo melhor? Quando calarem a voz (ou induzirem a calar-se) de uma criança diante do sofrimento normal da Vida humana, quem de nós ainda terá inspiração para lutar por sua própria Vida, já tão obliterada pela falta de alegria, de beleza e Fé? Quão humana essa criança ainda vai ser, de fato? E que vestígios de humanidade ainda terão seus pais, e nós?

Continuar lendo “Bélgica prepara-se para legalizar eutanásia de crianças”