Em mais um episódio infame, áudio expõe PT, Congresso e STF


Em uma gravação de áudio feita por Bernardo Cerveró, filho de Nestor Cerveró,  Delcídio Amaral (senador do PT/MS) tenta negociar influência de ministros do STF para melar novas operações e investigações. A seguir, um resumo e o áudio, na íntegra, da gravação.

Continue Lendo “Em mais um episódio infame, áudio expõe PT, Congresso e STF”

Brasil: Antecedentes e Prognósticos


Desde o início, aviso: quem gosta de ler apenas amenidades, é melhor que feche essa página. Aqui, não suavizo ou mitigo qualquer crítica, bem como não economizo em elogios quando estes são merecidos. Portanto, se você pretende gastar alguns minutos aqui, por favor, sem chororô!

Continue Lendo “Brasil: Antecedentes e Prognósticos”

15 de Março: o “impeachment” de Dilma, apenas, não basta!


O des-governo de Dilma Rousseff está a um sopro de cair estatelado. Mas cairá sob o próprio peso, constipado por sua inépcia ou por desentendimentos da quadrilha governante. Diante dos últimos números, apurados pelo próprio Planalto, em que a presidente, após menos de 3 meses de sua posse, aparece com apenas 7% (sete por cento) de aprovação, testemunhamos o desespero dos membros da Grande Besta chamada PT (agora, Partido Titanic). Seus aliados em outros partidos estão estarrecidos e o povo se prepara para um revide justo. Data: 15 de março de 2015.

Continue Lendo “15 de Março: o “impeachment” de Dilma, apenas, não basta!”

Quando chegaremos ao fundo do poço?


Eu tenho evitado, ao máximo que posso, as postagens sobre Política, principalmente a brasileira. Bem diria Rui Barbosa: “Política brasileira não, Politicalha brasileira!”. Tenho plena consciência de que essa arte, a Política — que deveria ser a mais nobre de todas enquanto exercício da defesa dos interesses da Nação — virou ofício de rapinagem institucional e canastrice circense. Porém, não devemos nos abster por demais da Política, assim como das doenças e dos deveres, para que não percamos de vez o contato com a realidade, a única que temos, ainda que mórbida.

Continue Lendo “Quando chegaremos ao fundo do poço?”