Bolsonaro e Marco Feliciano são maçons?


Neste fim de noite de domingo, pairei curiosamente sobre uma polêmica dos meios direitistas das mídias sociais: Seriam Jair Bolsonaro e Marco Feliciano dois maçons?

“E daí, se forem?”, pode alguém perguntar. A questão do título desta postagem pode parecer inócua, dada a óbvia liberdade que todo cidadão detém para se associar a quantos grupos deseje. Porém, tendo em mente o fumo revolucionário elitista presente em todos os grandes círculos maçônicos (no passado e no presente), é de preocupar, sim, a proximidade de Marco Feliciano e Jair Bolsonaro das lojas maçônicas.

Continue lendo “Bolsonaro e Marco Feliciano são maçons?”

Pequenas igrejas, estranhos negócios


A diferença de tom entre as heresias protestantes é tão gritante que é digno de pena o fato de haver mais de 33 mil seitas “evangélicas” mundo afora que reivindicam a “unção” do Espírito Santo sobre si mesmas. Ora, ou existe um “espírito santo” para cada uma delas ou são vários espíritos-de-porco atuando nesse meio lucrativo e excrementício. Bem, poderíamos dizer: ah, até o Brasil tem o seu Espírito Santo! É aquele [estado] que fica entre o Rio, Bahia e Minas Gerais. Enfim… 😦

Na Igreja Católica, há abusos litúrgicos, hereges, apostasia e crimes? Com certeza, mas são seus membros falhos que cometem erros daqueles tipos, não a Igreja. Isso tudo sem falar dos agentes infiltrados pelos comunistas e maçons para subverter a doutrina e a moral dentro da mesma Igreja, expondo-a a escândalos que eles mesmos semeiam.

A Igreja é única, e a unção do [único] Espírito Santo está sobre a Sé de Pedro. Mesmo em meio aos vagalhões do mar revolto dos séculos, o mesmo Espírito Santo atesta — confirma, mesmo — que a Promessa de Cristo (de que “as Portas do Inferno não prevalecerão sobre ela”) repousa mesmo sobre a Igreja [Católica]. Se nem a Maçonaria conseguiu destruí-la ao longo dos séculos, é porque ela é divina mesmo!

No entanto, abaixo, podemos ver aonde a heresia, enquanto Crime contra a Fé, pode levar os seres humanos que se rebelam contra a sã doutrina. Não satisfeitos em andar conforme seus delírios, se afastando da Santa Igreja (Católica, Apostólica e Romana), arrastam multidões para a condenação e, ainda por cima, extraem-lhe o que lhes resta de sua dignidade. São pequenas, mas estranhas “igrejas”!

Ebrael, a Igreja e a carta a uma protestante


Alguns visitantes e leitores talvez me perguntem: o que fez um blogueiro, com algum conhecimento sobre a História e dúvidas acerca de alguns dogmas da Fé Cristã Católica, voltar-se para a mesma Igreja Católica? Eu respondo: eu nunca tirei meus pés totalmente de dentro da Igreja Católica, ainda que, por vezes, estivesse em comunhão em raríssimos aspectos da Fé Católica.

Fui um herege convicto; hoje o sou ainda, mas em menos artigos de Fé. Na verdade, não sou herege que renega, pois o que me separa de uma comunhão completa com a Sé de Pedro são algumas dúvidas acerca de Cristo e dos fatos evangélicos, não convicções. Hoje, estou aberto à busca pela Fé, não mais simplesmente pela justificação empírica de tudo.

No entanto, como creio que os conspiradores, que buscam demolir a Igreja de Cristo a partir de dentro dela, agem sordidamente na calada da noite para semear erros na Igreja, ainda preciso deste norte, que é a busca pela verdade sobre alguns fatos. É a própria conspiração que busco desmascarar, por meio da investigação, não a Igreja de Cristo.

Continue lendo “Ebrael, a Igreja e a carta a uma protestante”