João Paulo II, Apóstata descarado!


Abaixo, uma simples mostra de imagens que, segundo a citação de São Paulo que segue e documentos pontifícios anteriores, indica que a Sé de Pedro, já na década de 1980, era ocupada por apóstatas. Me refiro aqui a Karol Wojtyla, também como João Paulo II. No vídeo, o vemos receber na Basílica de Assis, em 1986, sacerdotes de diversas religiões pagãs, além de muçulmanos (cuja Sharia e Corão incitam a matança de cristãos), para rezarem diante do Altar da Comunhão. Há inclusive xamãs que acendem incensos e fazem suas preces a seus deuses (demônios) diante do Altar da Eucaristia, profanando-a de forma abominável.

Para quem conhece um pouquinho de Direito Canônico e Catecismo (além de bulas e encíclicas anteriores), fica evidente que ele incorre automaticamente em excomunhão latæ sententiæ (automática) por flagrante APOSTASIA.

Bem, que fique claro que respeitar os outros e suas opções não é o mesmo que se juntar ao próximo em suas opções, misturando-se a elas, como se tudo fosse válido, como se o deus dos outros fosse o mesmo Deus único nosso. Não, só há uma Igreja, uma Fé e um só Batismo, e estes são incompatíveis com as práticas pagãs. E, além do mais, a Casa de Deus é casa de oração, não um covil… para a prática de profanações abomináveis.

Continue Lendo “João Paulo II, Apóstata descarado!”

Místicas Memórias do Cristianismo


Sabem daquelas imagens que nos transmitem “odor” de santidade tão logo as contemplemos? Tais imagens podem ser de pessoas exemplares por suas vidas na Terra, de olhares significativos ou de locais que, a cada um de uma forma particular, nos “arrojam” à transcendência desse mundo concreto. Quanto aos locais físicos, não falo aqui daqueles que são obras da Natureza, mas dos que são construídos por seres humanos, obviamente, inspirados por Deus.

16690915_v2kJO

Nesta postagem, apresentarei algumas fotos de igrejas da época primitiva (no sentido cronológico) do Cristianismo. São templos simples, de pedra bruta ou não, situados em locais significativos para nossa Fé cristã. Continue Lendo “Místicas Memórias do Cristianismo”

Uma comunidade inteira jogada na rua por uma reintegração de posse


Crianças na chuva, famílias inteiras: mulheres, crianças e idosos na rua, sem ter para onde ir, abandonadas à própria sorte, por causa de uma reintegração de posse de um terreno particular invadido, conhecido como acampamento Olga Benário, pertencente a uma empresa de transportes (Viação Campo Lindo) de São Paulo.  Ao todo, são mais 2 mil pessoas sem teto.

Bombas de efeito moral por parte do aparato de repressão das elites e tratores das empresas derrubando os barracos que ainda não tinham sido queimados pelos moradores da favela … em revolta pela decisão de despejo. Está certo: o terreno era particular e a reintegração era legal, mas arrancar aquelas pessoas sem que o poder público lhes desse uma alternativa, um rumo, uma direção, pessoas essas que não tinham nada??!!  Saíram para a rua com menos ainda. Agora, enquanto estavam lá, eram um estorvo para a empresa. Estando na rua, a responsabilidade passa a ser da prefeitura de São Paulo. E aí?? O que fizeram os dignos mandatários eleitos pelo povo??

Na noite do ocorrido, há dois dias, ainda nenhum representante da prefeitura ou assistente social tinha aparecido nem pra oferecer um café ou uma bolacha para aquelas crianças, que estavam o dia inteiro (algumas há ainda mais tempo, imagino) sem comer. E terminaram a noite na chuva, nas esquinas das ruelas, sem ter como se proteger nem onde dormir.

Crianças acampadas, sem ter para onde ir.
Crianças acampadas, sem ter para onde ir.

Não quero parecer demagogo ou sentimentalóide, nem fazer malhação de Judas com alguém. Eu estou aqui, confortável, sentado defronte ao meu PC, tomando café. Daqui a pouco vou dormir sabendo que há milhares, centenas de milhares de pessoas nas ruas desse país, sem rumo. Milhares de pais que assistem filhos pequenos reclamando de fome, sem ter um pedaçode pão duro para lhes dar. Não dá para fingir que não estou nem aí. Imagino que a maior parte dos que souberam deste fato também pensam assim.

Apenas os deputados, com suas casas e com apartamento funcional pago por nós, para onde levam parentes e suas prostitutas e menores para orgias, é que não estão nem aí. Somente o Lula, que arrota e se orgulha de ter passado fome e ser do povão, mas que depois no AeroLula reclama que a refeição e o serviço de bordo lhe faziam perder o apetite (pois não era digno de sua Excelência!) é que não deve se preocupar tanto. Apenas salvar Ladrões maranhenses e planejar a ascensão de Dona Dilma. Eis suas preocupações!!

Mas esses canalhas, esse miseráveis, esse homúnculos energúmenos, na hora de ir pedir votos e iludir aquelas pessoas… aí sim, eles se sujeitavam a sujar seus sapatos italianos na lama, que se assemelha muito a suas almas podres e insignificantes.